O tratamento

As doses de vitamina D devem ser acertadas individualmente considerando diversos fatores e, portanto, o tratamento deve ser realizado necessariamente sob supervisão médica.

Todo o hormônio tomado em doses acima daquelas acertadas individualmente pode provocar reações adversas, e a vitamina D não é exceção. Se não administradas corretamente, doses superiores a 10.000 UI (Unidades Internacionais) podem causar danos irreversíveis a função renal, entre outras complicações.

Alguns médicos já adotaram a metodologia do doutor Cícero Coimbra e a utilizam com pacientes portadores de doenças autoimunitárias. Aqui, você pode encontrar alguns dos médicos que já realizam esse tratamento no Brasil.

É importante ressaltar que não é necessário abandonar nenhum outro tratamento (nem mesmo os imunomoduladores) para que o paciente se beneficie com o tratamento da vitamina D. O que acontece é que muitos pacientes se sentem inseguros no início, mas com o tempo acabam deixando as injeções de lado por dois motivos principais: pelo desconforto em tomar esses medicamentos ininterruptamente, mas, principalmente, pela maior efetividade da vitamina D na proteção do sistema imunológico.

Instituto de Autoimunidade

O doutor Cícero está trabalhando, ao lado de alguns pacientes que se beneficiaram deste tratamento, para a criação de uma associação sem fins lucrativos chamada de Instituto de Investigação e Tratamento de Autoimunidade. Seu objetivo primordial é a promoção de atendimento médico para portadores de doenças autoimunitárias, viabilizando o atendimento gratuito aos portadores com baixa renda.

O Instituto ainda não foi criado efetivamente por falta de investimentos, que serão necessários para pagar, a princípio, o espaço, atendimento médico especializado e os serviços de diagnóstico e monitoramento para os pacientes. No momento, o doutor Cícero reserva parte do seu horário de atendimento para receber pacientes gratuitamente em seu consultório pelo Instituto, mas infelizmente a enorme demanda está longe de ser atendida da maneira ideal.

Para entender melhor o tratamento e a proposta do doutor Cícero Coimbra, leia o texto Por um novo paradigma de conduta e tratamento.

196 respostas em “O tratamento

  1. Pingback: Vitamina D – O tratamento « Objeto Dignidade

  2. gostei muito do que li e gostaria de poder conhecer melhor o seu tratamento, pois sou portadora de uma doença imuni e degenerativa, Parkinson.

    • Olá, Cecília. Este espaço é mantido por pacientes do Dr. Cícero. Marque uma consulta com ele. Já vi depoimentos na internet de pessoas muito satisfeitas com o tratamento dele para Parkinson. É um grande neurologista! As consultas estão demorando muito, mas parece que haverá uma ampliação do consultório. Marque como for possível e depois acompanhe as mudanças no agendamento.
      Veja aqui no site na aba Tratamento – Contato dos médicos.

      • Olá,
        Gostaria de saber se já foi observado, em alguém,
        a remissão da doença de parkinson.

  3. Ola ha 09 anos fui diagnosticada com lúpus sistêmico e por consequência perdi os rins, tenho 07 anos de transplante, e a pouco me interessei por esse assunto pois pelas primeira vez fiz um exame a pedido de uma médicas ortomolecular de vitamina D e descobri que a minha eh super baixa, vi que para o lúpus posso usar do tratamento mas a minha preocupado eh com relaçao ao jah que altas doses de vitaminas podem sobrecarregar o rim (no meu caso soh um) alguem sabe me dizer se mesmo assim posso recorrer esse tratamento? Preciso mto resgatar m minha qualidade de vida e voltar ter ânimo para as coisas, mais simples!

  4. Oi, Adriana. As pessoas que se tratam com altas doses de vitamina D fazem uma dieta de restrição de cálcio para não sobrecarregar os rins. E normalmente, quem faz a dieta e a hidratação adequadas não tem qualquer tipo de problemas. Talvez no seu caso se faça um controle com exames periódicos mais cuidoso, porém isso não a impedirá de fazer o tratamento. Pelo que tenho observado, a carência de vitamina D provoca um forte desânimo físico, mesmo em quem não tem alguma patologia autoimunitária. Sugiro que procure um dos médicos que adotam o protocolo. O próprio Dr. Cícero, neste momento, não está recebendo pacientes novos, mas há 3 médicos trabalhando com ele e, em caso de necessidade, interagindo. Tel. (11) 5908 5969 ou (11) 5084 4642 (Muito difícil conseguir ligar, mas insista. Um desses médicos atende também em outro consultório (11) 5082 1013 após o meio-dia. Não desista! E dê notícias.

    • Oi, Luciana. Sei que o Dr. Cícero não trata ELA pois considera que não obteve resultados significativos. No entanto, por estes dias, autorizou-me a dizer o seguinte: tem um artigo dizendo que a correção da vitamina D diminui a progressão da doença. Disse que ele (Dr. Cícero) começou a tratar alguns pacientes antigos com altas doses de taurina (1 grama 4xdia), já que esses apresentaram deficiência de taurina, mas ainda não sabemos qual o benefício. E que poderíamos até sugerir isso para eles, pois trata-se de um aminoácido. É o recado que tenho. Tente comprar aqui:
      http://www.iherb.com/Now-Foods-Taurine-Double-Strength-1000-mg-100-Capsules/15787

  5. Minha esposa, sofre de esclerose multipla, a 3 anos, faz uso de interferon e atualmente seu neurologista conheceu o Dr, Cícero em um Congresso e este maravilhoso tratamento, ele recomendou o uso da vitamina D,(20000UI),estamos usando a 1 mês,mas nada foi citado sobre acompanhamento com exame de sangue,restriçaõ de cálcio na alimentação e uso de ômega-3. Poderia me fornecer maiores informações sobre o porque se faz necessaria esta restrição de cálcio, de quanto em quanto tempo tenho que fazer o acompalhamento através de exame de sangue e porque é necessario o uso de ômega-3 durante o tratamento ? Somos de Macaé-RJ, por gentileza,assim que for possivel, aguardamos sua resposta.

    • Oi, Luiz. Fico feliz por ver que um neurologista abraçando a terapia com vitamina D, numa dose já bastante significativa. Sugira a esse neuro que entre em contato com o Dr. Cícero e informe-se melhor sobre o Protocolo. Precisamos muito de um médico no Rio de Janeiro, disposto a socorrer os pacientes da região, com seriedade e dedicação. A partir de 20.000 UI o Dr. Cícero impõe dieta de restrição de cálcio porque a vitamina D (que é na verdade um hormônio que foi mal batizado) recolhe todo cálcio que estiver no intestino e joga na corrente sanguínea, o sangue utiliza o que precisa e joga o que sobra para os rins eliminarem. Se sobra muito, os rins ficam sobrecarregados e isso pode ocasionar sérios problemas renais. Portanto é interessante a sua esposa não tomar leite e nem consumir derivados (iogurtes, queijos, leite condensado, doce de leite, etc, podendo consumir alimentos que têm um pouco de leite na composição, como um bolo ou purê). Deve também beber 2 litros e meio de líquidos diariamente. O ômega 3 de elevado DHA é um recurso para melhorar os aspectos neurológicos e promover neurogênese, que é o nascimento de novos neurônios. Há também umas cápsulas de suporte, com ingredientes que ajudam na absorção adequada do cálcio e na fixação da vitamina D )riboflavina, Colina, Vitamina B12, Magnésio etc). Convido- a entrar no Facebook, num grupo chamado Esclerose Múltipla – O Tratamento. Lá encontrará nos Arquivos uma apostila de Orientação aos Pacientes, e inúmeros depoimentos. Ponha lá as suas dúvidas e verá que os pacientes lhe darão sugestões. Pode também escrever no meu e-mail: scaramellu@terra.com.br
      Sobre os exames: são feitos antes de iniciar o tratamento e depois de pelo menos 2 meses de medicação. Destinam-se a controlar os níveis de Vitamina D (que precisam subir muito mesmo!) e os níveis de cálcio.

      • Obrigado por sua excelente resposta,as minhas dúvidas,agora tenho mais recursos em termos de conhecimento para poder conversar com o neurologista da minha esposa, parabéns pelo seu grau de conhecimento a respeito deste assunto!!!!… Parabens!!! também por este espaço para nos ajudar… tenho um amigo em Minas Gerais, que a filha esta sofrendo muito com “Lupus”, sem resultados com o tratamento convencional aplicado pelos médicos,nas entrevistas que assisti com o Dr.Cícero, pela internet, ouvi ele falando a respeito do tratamento com a vitamina D, vc saberia dizer se o tratamento neste caso seria o mesmo?ou onde posso obter orientação para poder ajuda-lo?
        Desde já, te agradeço mais uma vez e aguardo sua resposta.

      • Oi, Luiz. Normalmente os pacientes de E.M. tomam doses mais elevadas doq eu 20.000 UI de vitamina D. Essa dose já é um bom começo, mas seria interessante o neurologista conhecer mais detalhes e fazer um breve estágio com o Dr. Cícero, em São Paulo. Sobre o Lúpus, os resultados são bons, sim! O Dr. Cícero vem controlando Lúpus há uns 4 anos, com vitamina D. Apenas mando a esses pais um alerta: não demorem em lançar mão de outros recursos, como a vitamina D. Os imunossupressores que devem estar sendo dados a essa menina colocam-na em alto risco de contrair uma meningite e não resistir, ou alguma outra infecção. Com a vitamina D o processo é outro: o sistema imunológico fica regulado, funcionando como deve funcionar, sem atacar ao próprio corpo, mas com uma resposta imunológica plenamente eficiente contra “invasões” externas. Isso está comprovado e publicado em relação á tuberculose, à gripe H1n1 etc. Se eles vivem em Minas, talvez seja mais fácil procurar o Dr. André, que começou a atender em Vespasiano, próximo a BH. O contato é este: (31) 3621 3110. Pode escrever no meu e-mail para tirar alguma dúvida, ok? scaramellu@terra.com.br

  6. Qual a recomendação de VItamina D para Em proposta pelo Dr. ? Hoje uso 20mil UI, tenho visto alguns estudos dizendo 50 mil, sem consumo de leite e derivados isto procede? poderiam me informar estudos sobre as dosagens?

    obrigada,

    Caroline Correa

  7. Oi, Carol. Pelo protocolo do Dr. Cícero Galli Coimbra trata-se E.M. e outras doenças autoimunitárias com altas doses de vitamina D. A partir de 20.000 UI por dia já é necessário fazer dieta de restrição de cálcio e hidratação adequada, além de acompanhar com exames as taxas de cálcio, sua fixação e eliminação. Portanto as informações que você tem são procedentes, mas o uso de altas doses não pode ser feito sem o devido acompanhamento, por um médico que conheça o protocolo. Se quiser, pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

    • Oi, Luís. Depende de que está causando essa degeneração. A esclerose múltipla causa degeneração da mielina e, como tem origem autoimunitária, responde muito bem ao tratamento. Sugiro que faça o exame 25(OH)D3 e verifique os seus níveis de vitamina D. Na verdade, sei de casos que, mesmo não sendo doença autoimunitária, obteve-se um bom resultado com o tratamento. Se quiser, passo-lhe contatos. Escreva no meu e-mail, por favor: scaramellu@terra.com.br

    • Oi, Ana. Com certeza ele trata pacientes com miastenia gravis e, pelo que vi, a mistenia ocular é um processo semelhante, autoimune. Portanto a resposta é positiva. Veja no alto desta página a aba Contato dos médicos e clique lá. Escolha a melhor opção para você. Não espere pelo Dr. Cícero. Confie nos médicos que seguem o Protocolo.

  8. Sofri uma distensão muscular na coxa em direção à virilha. Fiz 40 sessões de fisioterapia numa clinica ortopédica. O ortopedista da clínica pediu diversos exames, além da densitometria, Raio X do pé, ultrassom da coxa. Melhorou, mas quando eu caminhava, coisa que fazia com frequência, doía. Fiz 2 anos de Pilates, que também melhorou um pouco. Desolada, com a falta total da cura da dor na coxa, o que me impossibilitava de caminhar, fui ao IARJ fazer acupuntura. Uma médica do IARJ (Dr. Célia Ferradosa) verificou que a acupuntura melhorava, mas não curava a dor na coxa. Ela, então, pediu dosagem de Vitamina D. Isso tem 4 anos. O exame deu 10ncg. Ela recomendou 10 gotas diárias de DePura. Em dois meses a dor na coxa desapareceu, e passei a caminhar normalmente. Eu sinto também melhora no raciocínio e no humor. Sou diabética 2, controlada, e tomo 1 comprimido de Metformina de 850, após as refeições e faço dieta. Após 6 meses do início da ingestão da Vitamina D, a dosagem dessa vitamina marcou 45 ncg.
    um abraço, e parabéns pelo seu trabalho de divulgação.

    • Obrigada por sua manifestação, Ana Maria. Não descuide do seu nível de vitamina D, ok? Não pare de tomar a vitamina porque a tendência será baixar novamente. A falta de vitamina D provoca perda de força muscular e processos inflamatórios. Se quiser trocar ideias, pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br Abraços

  9. Dra SUELI, SOU PORTADOR DE LÚPUS DISCÓIDE E LIQUÉN PLANO PILAR DESDE 2009. A DOENÇA ATACOU MEU COURO CABELUDO DE FORMA BEM AGRESSIVA. HOJE TENHO UMA GRANDE EXTENSÃO DE LESÕES CICATRICIAIS NA CABEÇA. POSSO FAZER USO DO TRATAMENTO COM VITAMINA D? VC TEM CONHECIMENTO DE CASOS SEMELHANTES QUE TENHAM OBTIDO SUCESSO? OBRIGADO PELA ATENÇÃO, JÚLIO CÉSAR.

  10. Oi, Júlio, primeiro esclareço que não sou doutora, não! Apenas sou mãe de uma jovem que é paciente do Dr. Cícero. Ao conhecer a terapia e avaliar a sua importância para a minha filha e minha família, resolvi dedicar-me a divulgar ajudando o Daniel Cunha aqui no Blog. Sobre a sua pergunta, por ser doença autoimunitária, o lúpus discóide, assim com o Lúpus eritematoso sistêmico, são tratáveis com vitamina D. Perguntei há algum tempo ao Dr. Cícero sobre LES e ele respondeu que tem vários pacientes com a doença controlada há uns 3 anos, sem o uso de corticoides ou outras medicações. De onde você é? Veja no contato dos médicos, na aba acima, qual seria a melhor opção para você. Em breve divulgaremos novos nomes de profissionais médicos que conheceram o Protocolo recentemente, mas veja se algum desses lhe interessa pela localização. Se quiser alguma informação mais, pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br No nosso grupo no face há pacientes que tratam Lúpus. O grupo chama-se Esclerose Múltipla – O Tratamento.

  11. Bom dia. Me chamo Fernanda Camara e tenho um amigo que esta sofrendo de uma doença semelhante as que comentam e até o momento nenhum médico de nossa cidade chegou a uma conclusão do que realmente seja, até então sofremos juntamente com ele. Como podemos fazer para saber se a deficiência que ele tem poderá ser tratada com a Vitamina D? Aguardo retorno o mais breve. Desde já agradeço.

    • Oi, Fernanda. Seria necessário ter o diagnóstico. Ele fez ressonâncias de crânio e coluna? Ele pode fazer o exame 25(OH)D3 para ver os níveis de vitamina D e suplementar depois com doses de 10.000 UI por dia. Essa dose precisa ser manipulada, com receita, em farmácias de confiança, em óleo de girassol, mna concentração de 1.000 UI por gota. Erro de manipulação levam a problemas renais. Uma boa opção é esta: http://www.iherb.com/Healthy-Origins-Vitamin-D3-10-000-IU-360-Softgels/21298
      Essa dose não é dose elevbada, é apenas a dose normal, mas ele já poderá apresentar melhoras, o que seria uma boa indicação. Ele precisa ter o diagnóstico.

      • Olá Sueli. Boa noite.
        O meu amigo realizou as ressonâncias de crânio e coluna em um instituto onde ele passou 40 dias internado e também em nossa cidade (Belém/PA). Logo no inicio houve suposições em diagnósticos que poderia ser a esclerose múltipla, ausência da vitamina B12, porém nada constatava. Somente o exame de 25(OH)D3 que vc mencionou que ele ainda não realizou. Com relação as doses diárias, somente um médico poderá prescrever correto? Nossa intenção é entrar em contato com o Dr. Cícero Galli e ou sua equipe para um possível tratamento. Obtivemos excelentes referencias através de reportagens, documentários e depoimentos. Estamos confiante nesta descoberta. Precisamos de orientações.

    • Oi, Thaysa. Um médico que participou do Simpósio sobre vitamina D em São Paulo, está começando a atender no Balneário de Camboriú. Passo-lhe o contato: Dr. Ricardo Toledo – O telefone da clinica é (47) 3247-0100.
      Em breve faremos a divulgação oficial dos novos médicos.

      • Dr. Ricardo não atende neste telefone, e a secretária não soube informar qual e o nº dele.

    • Lídia. A esposa de um médico de Cianorte esteve no Simpósio de vitamina D e entrou em contato comigo. Por favor, escreva no meu e-mail para eu não perdê-la de vista novamente… Se conseguir contato com ela, lhe repasso. E temos uma médica em Curitiba também. scaramellu@terra.com.br

  12. Boa tarde, resumindo o calvário dos últimos 5 anos, tendo feito uma quantidade enorme de exames e passado pelos mais diversos médicos (convênio/particulares) meu marido já foi diagnosticado com Parkinson (descartado), Miastenia (descartada) e agora – talvez – PSP. Nenhum medicamento fez efeito, pelo contrário, a cada dia ele fica mais debilitado. Poderia me informar se a PSP também é tratada com a vitamina D? Abraços, Rosangela

    • Rosângela. O protocolo que divulgamos aqui trata doenças autoimunitárias. No caso de PSP, parece que a etiologia não é essa, porém, em muitos casos, a vitamina D atua muito bem como coadjuvante. Não é o mesmo princípio do protocolo, mas pode haver melhoras. Sugiro que ele faça o exame 25(OH)D3 e suplemente a vitamina D de modo a mantê-la em torno de 70 ng/ml, o que é possível com doses de 10.000 UI por dia. Se a melhora for significativa, pode-se investir em doses maiores. Espero que tenha ficado claro. Abraços.

      • Sueli, muito obrigada pela resposta. Realmente, verifiquei num último exame 25(OH)D3 que ele fez, e o valor está muito baixo: 25,2 ng/ml. Já encomendei o suplemento de 10.000 UI no site que vocês sugem. Tomara que já faça alguma diferença. Por via das dúvidas, já marquei consulta para mim – tenho artrite reumatóide – e para ele para meados de outubro/13. O médico que tinha data mais próxima era o Dr. Sergio que, por coincidência, é clínico geral/neurologista. Depois das consultas, volto a postar, para atualizar as pessoas que precisam de informações. Muito obrigada, mesmo. Abraços.

    • Oi, Fernanda. Alguns laboratórios indicam como normais os níveis de 30 a 60 ng/ml. Outros ampliam a normalidade até 100 ng/ml. Mas há muitos estudos apontando 30 ng/ml como pouco. O ideal é estar próximo mesmo dos 60 ou 70 ng/ml. Quem tem doenças autoimunitária costuma ter um polimorfismo genético que provoca resistência à vitamina D, obrigando a pessoa a elevar os níveis, mas isso deve ser feito com acompanhamento médico.

  13. Bom dia Sueli. Vc sabe me informar se em Belém, cidade do estado do Pará possui algum médico ligado ao protocolo do dr. Cícero Coimbra? No caso sobre a dosagens da vitamina D para esclerose múltipla. Desde já agradeço. Fernanda.

    • Olá, Fernanda. Recife seria interessante para você?
      Dr. Carlos Bayma
      Especialidade: Urologia / Medicina Funcional Preventiva
      Cidade: Recife (PE)
      Endereço: Rua Francisco Alves, 326 – Ilha do Leite – Recife/PE
      Tel: (81) 3221-0523 / (81) 9894-0194 (Sra. Daniele)

      • Neste caso seria o mais próximo? não existe nenhum medico de Belém que tenha participado de algum simpósio ou algo do gênero com Dr. Cícero e ou sua equipe que vc tenha conhecimento?

      • Infelizmente, não, Fernanda. se conhecer algum médico que se interesse, ele pode entrar em contato com o consultório. Muitos dos que participaram do Simpósio agora farão estágio em São Paulo, mas por enquanto não temos notícia de nenhum outro no Norte ou Nordeste que pretenda aplicar o Protocolo. Também acho uma pena!

  14. a quatro anos vivo peregrinando por medicos , laboratorios, biopsias os tratamentos com testosterona a 2% e propinato de clobetasol nao ajudan em nada e complicaram em muito a minha saude ja precaria os medicos supoen liquen escleroso e atrofico pois os laboratorios dao diagnosticos de inconclusivos. por favor me ajudem. a vitamina d seria indicada?

  15. Boa tarde, tenho diagnóstico de Esclerose Múltipla a 4 anos. Moro em Florianópolis e estou tentando ligar para marcar uma consulta no numero 11 5908-5969 porém só dá ocupado ou ninguém atende. Tem algum outro telefone, e-mail ou somente indo até a clínica??? Aguardo!

    • Oi, Flávia. De fato está muito difícil ligar no consultório, mas há um médico atendendo no Balneário de Camboriú. Ainda não estamos divulgando oficialmente, pois estamos esperando a lista dos novos médicos, mas posso lhe passar o contato. Escreva no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  16. Eu tenho sindrome de sjogren embora os exames não tenham positivado ainda. Olho seco boca seca e um cansaço terrível. Eu posso tomar a vitamina e qual a dose idealp para o meu caso;? Eu moro em sp se tiver algum médico p me indicar eu agradeço.

    • Oi, Alex. Sim, o tratamento é eficaz na Síndrome de Sjogren, já que se trata de uma doença autoimunitária. Em São Paulo, vá pessoalmente ao consultório, pois o telefone está em colapso, devido ao número de ligações. Rua Dr. Diogo de Faria, 775 Conj. 94. Marque com um dos assistentes do dr. Cícero e será bem atendido.

    • Olá, Cleuza. Em Vitória, não temos, mas pode ser em Minas Gerais:
      Dr. André Costa Lage
      Especialidade: Clínico Geral e Acupunturista
      Cidade: Vespasiano/MG (a 20 km de Belo Horizonte)
      Tel: (31) 3621-3110
      Veja mais opções pelo Brasil clicando no Contato dos médicos acima.

  17. Olá tenho psoríase no couro cabeludo a 8 anos, atualmente estou fazendo tratamento para stress, e nervosismo já que esse é um fator que aumenta as crises e com isso venho controlando sua manifestação, a vitamina D nesse caso é ajuda? qual a dose indicada para o tratamento da psoríase? é necessária a restrição de leite para esse caso?

    • Oi, Bruna. A psoríase é tratável com vitamina D, mas é necessário passar com um dos médicos do protocolo para tomar a dose adequada e fazer a dieta de restrição de cálcio. Se é uma psoríase de fácil controle, você pode tentar resolver com 10.000 UI por dia. Essa dose é segura para um adulto e NÃO exige dieta de restrição de cálcio, sem leite e derivados. Hidratar-se é sempre bom. Para obter essa dose o ideal é manipular em gotas e, para aproveitar bem, deixe um pouco sob a língua. O seu médico pode lhe dar uma receita: Colecalciferol em óleo de girassol, 1.000 UI por gota. Ou você pode comprar esta nos EUA: http://www.iherb.com/Healthy-Origins-Vitamin-D3-10-000-IU-360-Softgels/21298 Se quiser, pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

    • Bruna, minha filha TINHA psoríase em vários pontos do corpo, e com a vit D, está ótima, 2 ou 3 lugares foram mais resistentes,, mas c uso de Daivobete, acabou,ela tem acompanhamento do dr Danilo, aqui em sp

  18. Olá , Sueli que trabalho bonito você faz, respondendo a todos que lhe perguntam algo sobre saúde. Tenho lido muito a respeito da vitamina D, e depoimentos de pessoas que faz uso, para doenças autoimune e outros tipos de doenças pois tenho muita esperança e fé no “Sr. Deus” que sirvo que a vitamina D ira me ajudar, não vejo a hora de poder me tratar, hoje tomo interferon e quero fazer o tratamento com vitamina D. Tenho consulta marcada com Dr. Danilo que faz parte do grupo de Dr. Cicero,só para maio de 2014, está tão longe só se tiver desistência serei chamada antes. Tenho lido muito a respeito do Dr. Cicero e suas experiências com o tratamento da vitamina D, que o nosso “Deus” o abençoes e lhe dê muita sabedoria e direção…e quando eu fazer o tratamento e ficar melhor do que estou hoje sem tomar as injeções que não é nada confortável e nem mesmo sei se vai dar certo o tratamento, se está ou não.. atacando o problema que tenho, mas como no momento não tem outra alternativa, vou dançando conforme a musica…. assim que eu iniciar o tratamento com a vitamina D e for melhorando vou querer postar aqui novamente e o Dr. Cicero pode contar comigo.

    abraços

    MJC

    • Maria José. De onde você é? Tem certeza de que a única opção é esperar por essa consulta com Dr. Danilo? Você tem E.M.? Você é de São Paulo? Escreva no meu e-mail e veremos se há outra alternativa para você. scaramellu@terra.com.br

  19. Hola Me chamo JUan Correa
    Tem esclerosis multipla desde 2006 diagnosticada e actualmente estoi tratando con interferon 44 ug/ml 3 veces por semana. Fico bem , desde faze 2 meses estoi tomando Vit D3 10.000 UI/dia e tem meijor tolerancia al calor e fico máis activo. Soy Farmaceutico e tem muti conocimiento de interferon e suas efectos adversos x trabahlar en laboratorio que lo producía.
    Favor, pode pasar e-mail de Médico na Camboriu para ficar entrevista com ele, moro en Buenos Aires Argentina pero viajo regularmente de Florianopolis, eu quero seguir un protocolo e estoi informado de efectos sobre rim de Vit D.Obrigado per la atuda e espero la información
    JUan Correa

    • Hola, Juan. Copio el contacto de un medico en Argentina que ha hecho pasantia con Dr. Cícero:
      Dr. Eduardo Daniel Frischling
      Especialidade: Clínica Médica / Reumatologia
      Cidade: Buenos Aires (Argentina)
      Endereço: Azcuénaga 1077 1°A
      Telefone: 011-48228883

      Y también del médico de Camboriú, pero pasa que este conoce el protocolo, pero no ha hecho todavia pasantia.

      Dr. Ricardo Toledo
      Especialidade: Clínica Geral
      Cidade: Balneário Camboriú Santa Catarina
      Tel: (47) 3247-0100

      Saludos.

  20. Olá, tenho uma irmao que foi diagnosticada com E.M aos 25 anos e esta sendo um pouco complicado entender tudo o que a E.M traz a pessoa, gostei muito de tudo o que li aqui, e gostaria de obter mais informações sobre o tratamento com vitamina D ou até mesmo marcar uma consulta com algum medico.
    Moro em São Paulo, na Zona Leste, poderia me informar como posso proceder??
    Parabens pelo lindo trabalho que esta sendo feito aqui,
    abraços

    • Olá, Samuel. Em primeiro lugar, acalme-se. Tenho uma filha com 23 anos, portadora de E.M., vivendo normalmente. O tratamento que aqui divulgamos é, sem dúvida, o que dá à sua irmã, mais garantias de uma vida sem sequelas e sem o sofrimento dos efeitos colaterais da medicação convencional. Eu também sou de São Paulo, da Zona Leste. Escreva no meu e-mail que combinamos o melhor médico, conforme a agenda de cada um. scaramellu@terra.com.br

  21. Boa noite faz 15 dias que estou usando vitamina D receitada pelo Dr. Wanderley Pires, estou confiante ao tratamento, so tenho duvidas quanto a ingestão de alimentos em especial carnes, por favor me responda ja que é uma duvida de muitas pessoas no face, não pode comer carne? o leite e seus derivados ja retirei so estou usando soja em po sem calcio e suco de soja sem calcio minha duvida é simplesmente sobre carnes.obrigada desde já.

  22. Maria Armelin. A recomendação é diminuir o consumo de carnes, principalmente as cozidas em altas temperaturas para evitar as aminas heterocíclicas, que não neurotoxinas. Quanto mais você conseguir diminuir, melhor. Tome um pouco de cuidado com a soja, viu? Alguns sucos à base de soja tem cálcio, embora não venha escrito no rótulo. O SHEFA soja e chocolate tem apenas 12 gramas de cálcio. Esse é liberado. É que a própria soja t5em um pouco de cálcio e se você consumir muito, pode fazer diferença. Por exemplo água de coco: se tomar muito, vai fazer diferença no cálcio. Tapioca: se comer muito, vai aumentar o cálcio. Quer trocar ideias comigo, escreva no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  23. Oi, Fernanda. Sim, é possível tratar Doença de Crohn e os resultados são muito bons. Veja no Contato dos Médicos o endereço mais acessível para você.

  24. Olá, Meu nome é Samuel
    Minha mãe é paciente do Dr, Cicero, no dia 11 de janeiro de 2014 ela caiu e faturou o fêmur da perna direita e já fez a cirurgia, agora gostaria de saber se com esse novo fato muda alguma coisa com relação do tratamento com a vitamina D, pois ela passou a tomar antibióticos fortes .
    Não consigo falar com o Dr, Cicero, moro em Teresina,

    • Samuel. Envie um e-mail para a secretaria do consultório. Se não tiver, escreva para mim que lhe passo: scaramellu@terra.com.br
      Agora temos um médico, que fez estágio com o Dr. Cícero, atendendo aí em Teresina. Pode ser que seja uma boa ajuda para você: Dr. Jonas Moura de Araújo
      Especialidade: Medicina Ortomolecular
      Cidade: Teresina (PI)
      Endereço: Av. Homero Castelo Branco, 1418 – Jóquei Clube
      Tel: (86) 3233 5475 / 9925 2253
      Mas, em princípio, tomar antibióticos não interfere no tratamento. Se forem nefrotóxicos, aumente a hidratação. Em geral, os antiinflamatórios é que são muito nefrotóxicos. A vitamina D, por sua vez também é antiinflamatória, assim como o ômega 3, que, imagino, ela também toma. Digo isso apenas para tranquilizá-lo; entre em contato com o médico.

  25. Oi Sueli,
    Samuel novamente, tudo bem?
    Antes de tudo obrigado pela resposta e pela dica do médico que segue o protocolo do Dr Cicero que mora aqui em Teresina.
    A mamãe vem apresentando uma sonolência diurna muito grande chegando ao ponto de prejudicar na hora de administrar os remédios , as vitaminas e alimentação .Ela come e bebe com os olhos fechados, mas não tenho certeza do sono leve ou profundo.
    Estamos aguardando melhoras para levar ela ao Dr Jonas , mas enquanto isso gostaria de saber o que eu poderia fazer para diminuir essa sonolência .
    No caso da mamãe ela vem tomando 15gotas da vitamina d indicada pelo Dr Cicero mais outras vitaminas como omega3.
    No início a gente achou que essa sonolência era por causa da anestesia e dos remédio pos cirurgia , mas depois que li alguns artigos sobre esse assunto na internet tudo indica que da doença de parkinson.

    • Samuel, a sua mãe toma algum remédio para dormir, algum antidepressivo que possa estar potencializado? Essa vitamina D que você diz que é indicada pelo Dr. Cícero (portanto teria 1.000 UI por gota) foi manipulada onde? Você tentou dar uma palavrinha com o médico de Teresina? Talvez você não deva esperar por melhoras, pois, a não ser que intervenha de alguma forma ou descubra o que está provocando essa sonolência, não haverá melhoras. A vitamina D costuma reanimar o paciente e não dopá-lo. Ela está bem hidratada? Este calor está dificultando a vida de todo mundo, mas os idosos ficam mais vulneráveis. Ela consegue se alimentar? No caso de Parkinson, faz parte do tratamento o uso de riboflavina (vitamina B2) manipulada em cápsulas de 50 mg, administrando-se 4 cápsulas por dia, nas principais refeições. Se conseguir manipular, mantenha rigorosamente ao abrigo da luz. Dê notícias. scaramellu@terra.com.br

  26. Oi Sueli,

    A mamãe nunca precisou de medicação para dormir e é bem hidratada, quanto ao depressivo , usou por muito tempo parando em fevereiro de 2013. O sono pesado como se apresenta;foi depois da retirada do alois e eranz (remédios para alzheimer. Após a cirurgia o sono intenso persiste, em razão do disso foi administrado CITALOPRAN 20MG, que de certa forma melhorou pouca coisa
    Em relação a vitamina D, a mamãe toma 15 gotas manipuladas na farmácia EQUILIBRIO, situada na Vila Madalena em SP. Sueli já marquei a consulta com o Dr. Jonas p/segunda feira.
    Segue a relação de medicamento diarios da mamãe que são: prolopa,3/4 de 12 em 12 horas, citalopran, ômega 3, vitamina D associada a dieta alimentar.4 comprimido. por dia a base de (Colina, magnésio aspartato, riboflavina, zinco, ácido fólico vitamina B12, picolinato de cromo, selênio e QSP e por fim, cinco gramas de argilina alfa cetoglutarato administrado 3 vezes ao dia
    No caso da vitamina B2 manipulada em cápsulas de 50mg , 4 vezes ao dia não foi receitada pelo Dr Cicero na primeira consulta que foi em novembro de 2013 com o retorno marcado para o segundo semestre de 2014.
    Na verdade, a mamãe foi aqui em Teresina diagnosticada de forma errada com alzheimer durante 8 anos.

    • Olá, Samuel. Teno certeza de que o Dr. Jonas dará continuidade ao tratamento do Dr. Cícero. Talvez eles possam até manter contato a respeito, não é? Depois me conte os resultados dessa nova consulta. Infelizmente, os erros de diagnóstico acabam criando novas doenças, com novos padecimentos. Também pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  27. Boa tarde, o meu nome é Tiago Godinho sou de Portugal tenho esclerose múltipla desde 2010 (diagnóstico) e estou desde novembro 2013 a tomar altas doses de vitamina D acompanhado por um médico aqui em Portugal mas gostava de ter um pouco de feedback do Dr. Cícero será isso possível? É q n sinto ainda melhoras nenhumas e visto o Dr. Cícero ser o melhor no tratamento com vitamina D eu gostaria de contactar com o Dr. De qualquer forma por favor 😞

    • OLá, Tiago. Infelizmente, o contato com o Dr. Cícero é muito difícil porque ele passa a vida no consultório atendendo. Com muito sacrifício, ele dá retorno aos seus pacientes, às vezes de madrugada. Você pode entrar em grupos do Facebook, por exemplo o grupo chamado Esclerose Múltipla – O tratamento. Também posso lhe passar a minha experiência conversando com muitos pacientes. Escreva no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  28. Gostaria de saber se o tratamento com altas doses de vitamina D é eficaz contra o mal de parkinson, quero indicá-lo à um amigo. Conhecem alguém q apresentou remissão da doença? Obrigada

    • Vanusca. Dr. Cícero trata Doença de Parkinson, mas o Protocolo é outro, já que não se trata de doença autoimunitária. Conheço quem melhorou muito dos sintomas de Parkinson, sim! O Tratamento inclui a vitamina D, mas é diferente. O ideal é que seja atendido por neurologista (nas adoenças autoimunitárias isso não é obrigatório), o que limita mais ainda o acesso. Se escrever no meu e-mail, eu lhe passo uma orientação básica, inicial, até que consiga uma consulta. scaramellu@terra.com.br Você é de São Paulo?

  29. Ola!Sueli Caramello Uliano,Tenho doença de Crohn a mais de 7 anos,e já mudei de medicações varias vezes,e não tive até agora a chamada remissão da doença,não trabalho vivo de um beneficio(LOAS),e minha vida não voltou ao normal desde que descobri a minha doença,queria saber se ar médico no Ceara que vc possa me recomendar,se não seria propicio eu falar desse tratamento a minha médica,eu vou te enviar um e-mail,e queria mais esclarecimento sobre esse tratamento.

  30. Boa noite. Minha ginecologista me receitou Addera D 3, pois através de exames constatou que estou com falta de vitamina D. Já estou com osteoporose, tenho calcio só que não esta indo para os ossos então estou tomando Ostenan. Minha pergunta é: é verdade que vitamina D com uma quantidade de menos de 10000UI não resolve? Pq o Adera D 3 tem bem menos. No meu caso teria alguma contra indicação tomar a vitamina D 3 10000 UI? Ficarei muito grata pela sua resposta, para que eu possa conversar com minha médica.
    Vitória

    • Oi, Vitória. Os médicos às vezes têm medo de prescrever a vitamina D em doses realistas, que correspondem a um banho de sol. A Addera de fato é bem fraquinha. Peça a sua ginecologista que se informe, pois as doses recomendadas de vitamina D foram atualizadas, mas esse conhecimento não está disseminado na comunidade médica. Já vi reumatologistas e endocrinologistas receitando 50.000 UI por semana, que ja é uma boa dose. Dr. Cícero costuma prescrever 10.000 UI, como suplementação e não se deve interromper depois de 2 meses, que é quando a dose estabiliza e para de subir. Se a pessoa para de tomar, os níveis voltam a cair.

      • Sueli muito abrigada pela sua resposta me esclareceu bastante. Estou saindo de férias hoje assim que voltar vou conversar com ela com certeza. Só mais uma pergunta: as vitaminas d 3 importadas são boas? Existem marcas melhores e piores? Desculpe a minha ignorância no assunto, mas para se tomar 100000ui por semana, isso equivale à quantas cápsulas por dia? Grata Vitória

  31. Vitória. As vitaminas D3 importadas são boas. Em geral usamos a marca Healthy Origins, compramos no http://www.iherb.com . Prefira em softgels, pois as cápsulas secas não têm a mesma absorção. Se você comprar a softgel de 10.000 UI, tomará uma por dia. Pode ser esta aqui:http://www.iherb.com/Healthy-Origins-Vitamin-D3-10-000-IU-360-Softgels/21298#p=1&oos=1&disc=0&lc=en-US&w=Vitamin%20D3%20healthy%20origins%2010.000%20IU&rc=593&sr=null&ic=1

  32. Sueli, suspeito que meu marido esteja com parkinson, sei que os medicamentos são terríveis e nada garantido, aí, comecei hoje com a vitD 10.000ui/dia, mas em conversa com uma pesquisadora da vitD, ela me falou que tem que acrescentar a B2, que vou comprar amanhã, tem mais alguma associação? está bem difícil ir no dr Cícero, enquanto n consigo, vamos tentando. mto obrigada

  33. Tenho artrite reumatoide, faz quase 3 anos, a 1 ano e meio estou administrando 10.000UI de vitamina D diária sem falta, me sinto bem e mudou minha vida, devo seguir tomando estas doses para sempre? e a 6 meses estou tomando 5.000UI de cloreto de magnésio diário sem falta, sem problemas consumir os 2 juntos?

    Wilson Louro Kubaski
    wilsonkubaski@hotmail.com

  34. Oi moro no Japão atualmente e recentemente fui diagnosticada com Esclerose Múltipla ( este foi o segundo ataque, o primeiro aconteceu a 4 anos atrás), fiz tratamento com esteroides ( 3 aplicações ) e agora estou bem melhor. A medica na qual estou em acompanhamento me disse que tem os tratamentos preventivos mas que provocam efeitos colaterais como baixar imunidade, febres e etc e disse que ainda ira avaliar se vou ou não precisar fazer o tratamento. perguntei a ela se conhece o tratamento com vitamina D mas ela desconhece. Estou bastante apreensiva pois tenho medo dos efeitos colaterais dos outros medicamentos, gostaria de obter mais informações sobre esse tratamento com a vitamina D seria possível? Desde já agradeço!

    • Olá, Daiane. O tratamento com altas doses de vitamina D, no controle de esclerose múltipla e outras doenças autoimunitárias tem-se revelado muito eficiente. Você teria condições de vir ao Brasil? O ideal seria você passar com um dos médicos que atendem pelo protocolo, ou apenas poderia tomar uma dose de suplementação de 10.000 UI por dia. Mas eu não falo ideia de como você obteria essa dose aí no Japão. Não sei se conseguiria importar dos EUA, por exemplo. Escreva no meu e-mail para vermos detalhes a esse respeito: scaramellu@terra.com.br Ao me escrever, por favor, relembre-me qual é o seu caso, ok? Aguardo.

  35. Olá Boa Tarde

    Me chamo Manoel, tenho 27 anos e sou portador de espondilite anquilosante. Faço tratamento a 4 meses com Sufassalazina (2g/diárias) e predinisona (10mg/dia). As dores diminuiram, mas nao é todos os dias que acordo bem. Acabei de saber do tratamento com vitamina D. Li alguns artigos e depoimentos com o protocolo do Dr. Coimbra e estou bastante animado. Gostaria de saber se existe algum médico que possa me acompanhar nesse tratamento em Salvador na Bahia que vocês possa indicar, ou se eu mesmo posso iniciar esse tratamento com a vitamina D e ir pedindo a algum outro médico para monitorar meus níveis de cálcio, enfim.

    Ficaria muito grato em ter algum resposta!

    Saudações

    • Oi, Manoel. Espondilite anquilosante responde muito bem ao tratamento. Já lhe mandei no e-mail o contato do médico na Bahia.

      • Fiz isso porque você me enviou um e-mail. Aqui no Blog, você encontra os contantos dos médicos na Aba.

  36. Oi Sueli. Você acha que devo procurar o Dr. Cicero ou o médico de Porto Alegre Dr. Antônio Tadeu Costa Martins? Este de Porto Alegre está plenamente capacitado para realizar este tratamento? Estou na dúvida. Obrigado!

    • David, Dr. Cícero neste momento nem está aceitando pacientes novos, devido ao número absurdo de pacientes que já tem. Dr. Antônio Tadeu está plenamente preparado. E Dra, Maira Jann está plenamente capacitada, também. Todos os contatos estão neste blog no Contato dos Médicos. Pode confiar!

  37. Ola Sueli, tenho artrite reumatoide há 6 anos e atualmente estou tomando 10 mg de predinisona e 400 de hidroxicloroquina, estou tentando engravidar,por esse motivo parei de tomar o metotrexato. Como pesquiso muito sobre essa doença, há 1 mes estou tomando 20mil de VD, e eliminando o calcio e ingerindo 2 litros de agua por dia.Preciso de sua opinião, com essa dose de VD posso engravidar ? essa dose pode prejudicar meu bebê? ainda sinto dor nas articulações, tenho fé em Deus e na VD, ela realmente tem sucesso no tratamento da artrite reumatoide. sei que vc não é medica, mas peço sua opiniao ? desde ja agradeço

    Barbara Dias* Bh

    • Oi, Bárbara. Eu ia sugerir que você entrasse num grupo do face, mas, quando fui copiar o endereço, vi que você já postou lá. O tratamwento é, sim, eficaz na Artrite reumatoide, mas a dose seria maior que 20.000 UI, já que se trata de uma doença autoimunitária já instalada. Altas doses de vitamina D não farão mal ao bebê! Mas 20.000 UI não são suficientes para controlar a artrite reumatoide. Temos um médico próximo a BH e em breve haverá um em BH. Veja aqui no blog o Contato dos Médicos. Ali está o Dr. André da Costa Lage. Em breve deve aparecer o nome de mais médicos em Minas Gerais. Se quiser, pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  38. Olá, descobri que tenho Retocolite Ulcerativa a 3 meses, li um depoimento de tratamento com a vitamina D e com o diagnóstico de cura, queria saber se pode ser feito esse tratamento e se pode acontecer a cura mesmo! Obrigado, agradeço desde já!

    • Oi, Johnny. O tratamento é muito eficaz na retocolite ulcerativa, mas não falamos em cura e, sim, em efetivo controle, com o uso adequado de vitamina D para o seu caso. A vitamina D é na verdade um hormônio imunorregulador. Procure aqui no Blog o Contato dos Médicos e veja o mais acessível para você.

  39. Oi Sueli, minha irmã iniciou o tratamento para EM há 15 dias, e vou pedir para alguém trazer de fora mais vitaminas D3 (10,000 IU) para ela, no entanto não encontro da marca inicialmente recomendada.Serve qualquer uma que seja americana? Muito obrigada.

    • Oi, Maria Cristina. Você precisa comprar pela internet e mandar entregar a quem vai trazer. Healthy Origins e Solgar são marcas muito boas. Outro detalhe é que devem ser softgels. Não servem cápsulas secas ou comprimidos secos, pois a absorção no intestino, nesse caso, pode ser comprometida. Essas marcas que citei você encontra, por exemplo no http://www.iherb.com, em concentrações de 10.000 UI (em inglês 10.000 IU) por softgel. Qualquer dúvida, estamos á disposição.

  40. Olá, gostaria de saber se a ingestão de 10.000 UI diarios causa algum tipo de problema colateral. Estou tomando e tenho sentido sensivel melhora em uma urticaria.

    • Olá, Antonio. Essa dose, 10.000 UI ao dia é segura e não provoca efeitos colaterais. Só haveria problemas se você tivesse insuficiência renal. É bem provável que à vitamina D se atribuam essas melhoras, pois trata-se de um hormônio imunorregulador.

  41. Minha irmã iniciou há 2 semanas tratamento com vitamin D para EM com equipe Dr Cícero. Sentimos a necessidade de orientação por escrito de um protocolo que oriente os alimentos e bebidas que devem ser evitadas. Como a grande parte dos alimentos contêm cálcio como derivados leite, banana, espinafre, brocolis e outros, até determinadas marcas de agua mineral, importante será ter csrtilha orientando. É possível encaminhamento via email ?
    Grato
    Telmo

  42. Tenho psoríase e agora venho apresentando um quadro de artrite psoriásica e estou prestes a iniciar o tratamento com biológicos. Ouvi falar da terapia com vit D e gostaria de saber quais são os exames que devo fazer para saber se tenho a deficiência da vitamina. Também gostaria de saber se há algum medico que faça este tratamento em BH, Vitória e Fortaleza para que eu possa consultar antes de iniciar os biológicos.

    • Oi, Stella. O tratamento com altas doses de vitamina D é bastante eficaz no seu caso. Não é só uma questão de estar deficiente (a maioria das pessoas, por não tomarem sol, tem deficiênia), mas é uma dificuldade de absorção da vitamina D, que a obrigará a ter os nívesi bem mais elevados do que o normal, obrigando-a a uma deita de restrição de cálcio e hidratação, além de controle adequaado através de exames, até definir a dose adequada a você. Mas é tudo muito tranquilo! Não se estresse nem se intimide com isso. Vou pôr aqui o link com os endereços dos médicos. O médico que atende em Fortaleza (Dr. Ítalo Rachid) é diferenciado (é méedico de celebridades, de modo geral) e o preço segue a fama. Mas veja outras opções, como em BH, ou outros Estados do Norte e Nordeste. Escolha o mais acessível para você. Todos estão bem preparados para trabalhar com doenças autoimunitárias em geral. https://vitaminadporumaoutraterapia.wordpress.com/contatos-de-medicos/

      Qualquer dúvida, estamos à disposição.

  43. gostaria do endereço e telefone deste médico. Tenho artrite reumatoide, embora muito bem, sigo tomando vit, D de 10.000UI por dia (1 ao dia) e me sinto bem. Sou mãe de médico e tenho orientação mas gostaria de entrar em contato com Dr. Cícero. Alguém pode me dar o telefone? Obg.

    • Oi, Elisa. Aqui mesmo no Blog você encontra a lista de médicos que estão atendendo. Talvez seja interessante o seu filho acompanhá-la a uma consulta na própria clínica do Dr. Cícero, mesmo que seja atendida por um assistente. Digo isso pela dificuldade de marcar com o Dr. Cícero, que já tem um número excessivo de pacientes. Mas mesmo passando com um dos assistentes, o seu filho, por ser médico pode pedir para falar com o Dr. Cícero (se estiver disposto a esperar…) As consultas demoram cerca de três horas. Você vai ficar muito feliz com os resultados. Aqui está a lista dos médicos: https://vitaminadporumaoutraterapia.wordpress.com/contatos-de-medicos/

      E pode escrever no meu e-mail: scaramellu@terra.com.br

  44. Oi Sueli, minha mãe foi diagnosticada com PSP há 4 anos. Gostaria que você me informasse se existe algum médico em Florianópolis que use a vitamina D para tentarmos o tratamento. Muito obrigada pela sua disposição em ajudar!!

    • Oi, Ana Cláudia. Pelo que verifiquei, trata-se de uma doença degenerativa e não autoimunitária. O protocolo é específico para doenças autoimunitárias. Por esse motivo eu não lhe indicaria um médico do protocolo que não seja neurologista, dada a especificidade do caso. Você poderia tentar uma consulta na clínica do Dr. Cícero, com ele mesmo ou com um outro neurologista no mesmo endereço. Eu posso lhe passar o e-mail da clínica, mas não costumamos colocá-lo aqui no blog, em público. Escreva no meu e-mail: scaramellu@terra.com.br Lembre-me do caso.

  45. oi , gostaria de ter um conctato de e-mail ou um numero de telefone de um douctor aqui na Europa ,porque somos da Alemanha.
    Sou portugesa , vivo na Alemanha e estou traduzindo paras as minhas amigas alemas.
    A sua filha tem17 anos e tem essa duenca de Autoimunitarias. Gostaria de saber se aqui perto da Alemanha a um doutor com a terapia do Doutor Coimbra, pois estava enterecada.
    tambem gostaria de saber o forum de alguns pacientes que fizerao esta terapia.

    • Oi, Fernanda. Na Itália há dois médicos atendendo:
      Dr. Paolo Giordo (Itália)
      Especialidade: Neurologia
      Cidade: Grosseto – 348/3742090
      Contatos: paologiordo1@virgilio.it
      Site: http://www.dottorpaologiordo.it

      Dr. Augusto Pellegrini (Itália)
      Cidades: Torino e Chieti
      Contato: augudr@gmail.com
      No email, colocar nome, sobrenome, patologia e o seu telefone, além de especificar se pode ir a Torino ou a Chieti, ou se tem disponibilidade para ambas as cidades. O paciente será chamado seguindo a ordem cronológica do email, excluindo casos de urgência.

      No Facebook, procure um grupo chamado Esclerose Múltipla – O Tratamento.
      Um médico brasileiro organizou um site com vídeos de pacientes:
      http://www.vitaminadmedicinaesaude.com.br/

      Qualquer dúvida, pode me retornar. Boa sorte!

  46. so conceiçao tenho liquen escleroso atrofico so a c s trabalho ao meio ambiente o sol pode compricar a doença

    • Olá, Maria Conceição. Por ter características de doença autoimunitária, você pode tratar o líquen escleroso e atrófico com vitamina D. Procure um médico mais acessível para você na lista aqui do Blog, no Contato dos Médicos.

  47. Olá, minha filha tem 23 anos e foi diagnosticada há uma semana com EM. Ela vai começar o tratamento com Avonex. Gostaria muito de conversar com um médico que trata com o protocolo do Dr. Cicero. Você pode, por favor, me indicar algum? Moramos em São Caetano do Sul – SP.
    Obrigada.

    • Oi, Rosana. O caso da sua filha é muito semelhante ao da minha filha. Optamos por não tomar o Avonex e começamos direto com a vitamina D. A minha filha está muito bem.
      Você tem uma ótima opção em Mauá: Dr. Israel Cirlinas
      Especialidade: Neurologista
      Cidade: Mauá (SP)
      Endereço: Rua Princesa Isabel, 152
      Telefone: 11 4541-4275

      E também pode tentar uma consulta na Clínica do Dr. Cícero, em São Paulo, com algum dos assistentes.
      Escreva no meu e-mail que lhe passo o depoimento que escrevi sobre a minha filha e posso lhe tirar alguma dúvida de forma mais fácil scaramellu@terra.com.br
      Ao me escrever, lembre-me de que já me escreveu no Blog, ok?

  48. Boa noite a dez anos tenho doença de crohn,ja retirei uma parte do intestino e por causa de tanto sofrimento que já passei estou com medo de tomar os medicamentos receitado pelo medico. Estou com catarata por causa de corticoides e depois da operação uns dois anos atrás não tomo mais medicamentos. Meu PPD ficou em 10mm e a medicação pode dar tuberculose. Há cinco meses estou com uma dieta sem glúten. Gostaria de saber a quantidade de vitamina d posso tomar. Obrigada.

    • Oi, Jaqueline. A vitamina D pode, sim, ajudá-la, mas é preciso acompanhamento médico, pois são necessárias altas doses de vitamina D. No entanto, já que você parece estar com baixa resposta imunológica, poderia começar com 10.000 UI de vitamina D, que é a dose básica de suplementação. Prefiro tirar suas dúvidas por e-mail. Fica mais ágil a conversa. Escreva para scaramellu@terra.com.br

  49. olá bom dia!!!a minha tia esta com artrite reumatoide aguda,gostaria de saber se tem clinicas com tratamento com vitamina D em Vitoria ES.

  50. Elizeu, No Rio de Janeiro, procure
    Dra. Monica B. L. Barros
    Cidade: Rio de Janeiro
    Endereço: Avenida Ayrton Senna, 1850 sala 339 – Barra da Tijuca
    Telefone: (021) 98719-8194
    Qualquer dúvida pode me retornar. Também respondi no seu e-mail.

  51. Boa tarde! Eu sofro de parkinsoni a 7 anos, e hoje está muito difícil. Gostaria de obter informações sobre o tratamento, para que eu possa iniciar. Pois estou tentando marcar consulta, mas muito difícil, e quero começar logo o tratamento.
    Agradeço e fico no aguardo
    Nelson Aparecido

    • Oi, Nelson. Tive problemas no meu programa de e-mails no início do mês e, talvez por isso, não recebi aviso da sua postagem. Parkinson tem um protocolo próprio, o tratamento básico é com riboflavina. Posso lhe passar algumas recomendações práticas, se escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  52. Por favor,como faço para marcar uma consulta com o Dr Cícero Coimbra?Sou portadora de Lupus e gostaria de fazer o experimento com vitamina D.Obrigada!

    • Oi, Daniela. Os resultados no tratamento de Lúpus são excelentes. Consulta com Dr. Cícero é difícil, devido ao grande número de pacientes que ele já tem. Mas ligue no consultório e marque com um dos assistentes. Os contatos estão nesta página, na aba Contato dos Médicos. Veja acima, na barra.

    • Oi, André. Não são, não! O governo só paga aquelas medicações bem caras que dão muito lucro aos laboratórios e a todos os envolvidos na transação. Mesmo que não surtam grande efeito terapêutico. Mas o preço da vitamina D é bastante acessível. O que sai mais caro são as consultas, mas são poucas e espaçadas.

  53. Minha mãe fez uma tomografia na qual foi indicada doença degenerativa, por conta de caso na família (minha avó) ficamos com dúvidas de ser Alzheimer, ela fez um eletroencefalograma e deu funções normais, estamos aguardando uma ressonância magnética. Estou muito preocupada, minha mãe tem 62 anos, ela é muito ativa, não consigo vê-la perdendo as funções do cérebro, estou desesperada com tudo isso. Gostaria de saber se alguém conhece o tratamento com vitamina D para Alzheimer? Moro no Paraná, entrei em contato com o Dr João Paul de Curitiba, estou aguardando resposta sobre o uso da vitamina D, se ele utiliza essa forma de tratamento.

    • Oi, Suellen. A vitamina D é apontada como grande auxiliar na contenção do Alzheimer. Também acontece de pessoas com baixos níveis de vitamina D apresentarem declínio cognitivo, muitas vezes confundido com princípio de Alzheimer. Já a degeneração apontada na tomografia deve ter carcterísticas que ajudem no diagnóstico. Também não sei que sintomas ela vem apresentando que levaram à necessidade desse exame.
      Dr. João Paul trabalha com o Protocolo do Dr. Cícero Galli Coimbra para doenças autoimunitárias. Creio que, no que diz respeito à vitamina D, a sua mãe seria devidamente suplementada. Boa sorte e depois me conte.

      • Obrigada pelo retorno Sueli, então eu tenho muitas dúvidas em relação a isso, minha mãe sempre foi um pouco esquecida, estou com medo de estar vendo problemas de mais, ou deixando de ver. Talvez pode ser falta de atenção e algumas características do próprio envelhecimento. Estamos investigando e já vou marcar a consulta com o Dr João Paul, a secretária do consultório me explicou como ele trabalha e disse sobre a reposição de vitaminas para um envelhecimento saudável, fiquei com boas expectativas.

  54. Boa tarde, recentemente fiz o exame 25(OH)D3 e o resultado deu 20ng/ml. Minha médica receitou o Doss (colecalciferol), 1 comprimido por dia. Será suficiente para atingir níveis normais de vitamida D. Este Doss é um bom medicamento para reposição? Obrigada. Fabiana

    • Oi, Fabiana. Se são as cápsulas de 1.000 UI, após dois meses os níveis mal chegarão a 30 ng/ml e aí estabilizarão. O ideal para um adulto com pelo menos 50 kg é tomar 10.000 UI por dia. Com a dose de 10.000 UI por dia os nívesi estabilizam em torno de 70 ng/ml, o que é muito sadio.

      • Sim, são capsulas de 1.000UI.
        Essa dose de 10.000UI deve ter supervisão médica? Como devo ingerir e quais devem os cuidados?

        Muito obrigada pela resposta.

  55. Fabiana, 10.000 UI é o que produzimos num banho de sol de menos de 20 minutos. Enquanto você dispuser apenas de cápsulas de 1.000 UI, tome pelo menos 4 por dia. É a dose recomendada pelo Dr. Holick, nos EUA. E procure comprar a americana com 10.000 UI em cada softgel. Você encontra, por exemplo, no site http://www.iherb.com
    Ou peça para o seu médico uma receita para manipular Colecalciferol em gotas de 1.000 UI cada. Sai barato e facilita muito. Neste blog mesmo você encontra textos explicativos a respeito. Na dúvida, pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  56. Boa tarde! Minha mãe é portadora de Lúpus e gostaria de saber sobre o tratamento com vitamina D, algum médico que faz esse tratamento em Florianópolis? Por favor entre em contato.
    Obrigada!

  57. Boa noite!
    Minha mãe é portadora de Lúpus e gostaria de saber sobre o tratamento com vitamina D, algum médico que faz esse tratamento em Florianópolis? Por favor entre em contato.
    Aguardo

    • Janine, em Santa Catarina, temos um médico em Blumenau:
      Dr. Ricardo Toledo
      Especialidade: Clínica Geral
      Cidade: Blumenau (SC)
      Tel: (47) 9672-9177

      E o tratamento é muito eficiente para Lúpus.

    • Wandelson, o Dr. Mauro Sérgio Penteado (ortopedista) participou do Simpósio sobre vitamina D (orientado pelo Dr. Cícero Galli Coimbra), mas ainda não teve oportunidade de fazer estágio. Por isso o nome ainda não consta no Blog. Mas você o encontra na internet. Além dele, você pode consultar em Campinas: Dr. Wanderley Ribeiro Pires
      Especialidade: Clínica Médica
      Cidade: Campinas (SP)
      Endereço: Av. Dr. Heitor Penteado, 1532 – Taquaral
      Tel: (19) 3254.2714

  58. Ola Sueli, tudo bem? Você saberia informar se quem tem pedras nos rins pode tomar 10.000 UI/dia ou se teria alguma restrição?
    Obrigado!

    • Olá, Juan. Se você já tem essa tendência, tome um pouco menos. Estou imaginando que você não tem uma doença autoimune e que quer apenas suplementar, certo? Daí você pode tomar 5.000 UI por dia (10.000 UI dia sim e dia não). Se você tem escleose múltipla ou outra doença autoimune, aí vale pena o custo/benefício e o médico vai orientá-lo a como tomar doses altas.

  59. Sou portadora de esclerose multipla faço tratamento com vitamina d em são Paulo mas estou com problemas de dinheiro preciso de um médico aqui em BH que trata com vit d podem me ajudar desde já obrigado edlaine BH

    • Oi, Edlaine. É muito importante o paciente procurar ser atendido na região onde mora. É menos estressante e os médicos estão muito bem preparados. Em BH, procure:
      Dr. André Costa Lage
      Especialidade: Clínico Geral e Acupunturista
      Cidade: Vespasiano/MG (a 20 km de Belo Horizonte)
      Endereço: Rua Alfredo Albano Costa, nº 85 – Bairro Jardim Itaú (próximo à Maternidade)
      Telefones: (31) 36219240 // (31) 92763550

  60. Boa noite! Em 2010 tive Guilan- Barret e fui diagnosticada com Síndrome de Sjogren… depois, em 2014, tive o diagnóstico de miastenia gravis… Diante disso, e depois de muito ler, fiquei interessada em conhecer o tratamento com altas doses de vitamina d.
    Gostaria de saber se antes de começar o tratamento com vitamina d é necessária a realização de exames médicos. Tenho consulta em dezembro, na clínica do dr. Cícero Coimbra (infelizmente não consegui consulta com ele), mas como não sou de SP, já queria ir com os exames feitos, se for necessário.
    Também gostaria de saber se vocês sabem informar se tem algum médico em São Luís/ MA que adote o protocolo do Dr. Cícero.
    Grata desde já.

    • Oi, Nayana. É preciso dar um basta a esse descontrole autoimune. E a vitamina D vai dar conta disso. O médico vai orientá-la sobre os exames que você vai colher antes de iniciar a medicação que já estará prescrita. Depois de uns 4 meses você repetirá os exames e voltará (às vezes é após 6 meses) e o médico vai comparar os exames de antes da medicação com os posteriores e fará um ajuste da dose.
      Não há nenhum médico em São Luís,no Maranhão, mas há em Recife, Terezina, Salvador… Aqui no Blog, no Contato dos Médicos está a lista inteira. Qualquer dúvida, estamos à disposição.

  61. Boa tarde! Eu tenho Artrite Reumatóido, moro em São Paulo, capital. Estou desempregada (por causa de doença) e em função da crise meu marido também perdeu seu emprego. Não tenho condições de pagar consultas. Comecei agora meu tratamento pelo SUS e a mdicação é cortisona meloxicam etc…Um amigo me disse que posso tomar até 5000 UI ao dia. Não sei se vai funcionar mesmo. Existe possibilidade para consultas gratuitas com algum médico que adote o tratamento do Dr Cicero? Obrigada.
    Rosária

    • Oi, Rosária. Os médicos que atendem pelo protocolo são todos particulares e as consultas são demoradas, pois é preciso orientar sobre exames, dieta e fazer um metódico prontuário de pesquisa clínica. Parece-meque o mais barato em São Pauolo é o Dr. Danilo Chiaradia Finamor, no consultório da Rua Vergueiro. A medicação é acessível,pois o fundamental é tomar a vitamina D. Até 10.000 UI por dia você pode tomar sem acompahamento médico, mas penso que não resolverá o seu caso e você terá dificuldades para manipular sem receita, em farmácia boa. Veja acima no Contato dos Médicos, o endereço do Dr. Danilo (consultório da Rua Vergueiro). São 4 consultas em 2 anos. Os exames costumam ser feitos pelos convênios, mas também há laboratórios que fazem a preços acessíveis, pois são exames simples. No consultório do Dr. Cícero há consultas gratuitas, pelo Instituto de Autoimunidade, mas, pelo que sei, a espera está muito longa.

  62. Olá, tenho uma filha que aos 7 anos foi acometida de alopecia areata e hoje aos 13 anos, a alopecia ja elvolui para o ultimo estagio” universal” ja fizemos todos os tratamentos disponiveis no hospital das clinicas de belo horizonte e não houve reversao, segundo os varios medicos que consultamos, a alopecia da minha filha foi diagnosticada com autoimune, gostaria de saber se alguem que tenha tido ou tem alopecia areata/universal ja fez tratamento com vitamina d e qual o resultado. Estamos com uma consulta marcada aqui em minas na cidade de vespasiano como dr. Andre, depois dos varios depoimentos que li, estou esperançosa de que este tratamento posso nos ajudar, desde já obrigado.

  63. Precisamos de sugestões de cardápio, para quem faz o tratamento com as altas doses da vitamina D, não sem o que comer por causa das restrições do cálcio. Me ajudem

    • Oi, Dayse. Basicamente é preciso cortar leite e derivados (queijos, iogurtes, creme de leite, leite condensado, doce de leite). Mas você pode consumir um bolo, purê, panqueca, que contém leite na massa, sem problemas. Além disso, evite consumir muitas castanhas e amendoim (por não comer queijo, os pacientes abusam nesses outros petiscos de aperitivo). E hidratar-se bem, com 2,5 litros de líquidos é muito importante. Todo alimento contém cálcio (e você precisa de cálcio), mas o problema são os alimentos que têm altas concentrações, como o que listei acima. Comece assim e depois de uns 15 dias faça uma calciúria 24 horas. O resultado precisa ser pélo menos 100 mg no total (antes de dividir pela quantidade de urina entregue). Menos que isso não é bom e será sinal de que você exagerou na restrição. Depois de dividir a quantidade de cálcio da calciúria pelos litros entregues, o resultado deve ser menor de 250 mg por litro. Na verdade, percebo que os médicos preferem que não passe de uns 170 mg por litro e já fazem uma avaliação da dieta para descobrir se algum hábito alimentar está interferindo. Não fique tão aflita. Hoje minha filha comeu filé à parmegiana, mas teve o cuidado de desprezar a mussarela. Qualquer dúvida, pode escrever no meu e-mail: scaramellu@terra.com.br . Vou lhe passar o link de um grupo no Facebook, com sugestões de receitas. No entanto, não exagere na restrição.:
      https://www.facebook.com/groups/1376590525906454/?fref=ts

  64. Boa tarde,
    Minha esposa após o parto teve uma crise e a médica diagnosticou como neuromielite óptica, fomos encaminhados para a cidade de Joinville/Sc 450 km da nossa cidade (Sombrio/Sc) o neurologista que por sinal dizem ser referência nestes casos nos mandou ficar longe do tratamento com vitamina D, disse que tem pascientes com insuficiência renal por tomar vitamina D, os médicos aqui perto da nossa região não tem formação de neurologia, é seguro fazer o tratamento com um medico que não conhece a doença?

    • Oi, Anderson. Conheço mais de um paciente portador de neuromielite ótica (Doença de Devic) que faz o tratamento com altas doses de vitamina D. Os resultados são excelentes. O tratamento exige cuidados para evitar os problemas renais: uma dieta com restrição de cálcio, hidratação adequada e, nos primeiros 2 anos, um controle mais próximo com exames de sangue e urina. Nesse período o médico se certifica da dose de vitamina D adequada, ou seja, que controla a doença e não afeta os rins. É muito triste o que fazem esses médicos que combatem o tratamento. Alguns chegaram a publicar em uma Revista internacional de neurologia, um alerta sobre os pacientes com problemas renais. E, acredite, foi um grupo de médicos americanos, notadfamente o Dr. Michael Hollick, que escreveu à revista objetando que os médicos brasileiros não estavam apresentando dados documentados e nem as informações suficientes para se avaliar os casos.
      O mais desconcertante é que esses médicos sabem que a medicação convencional, à base de corticoides, interferons e imunobiológicos, essa, sim, traz inúmeras consequências nefastas para o organismo, inclusive a baixa imunidade, o que expõe o paciente a doenças infecciosas. Já a vitamina D torna o sistema imunológico eficiente, de modo que nem uma gripe ela vai ter. Eu sei de um caso, paciente de Esclerose Múltipla há anos e que começou o tratamento com a D. Logo começou a sentir as melhoras. Foi ao neuro e ele lhe fez o mesmo alerta que lhe fizeram. A mulher dele, que mantinha contato comigo ficou apavorada, mas o próprio paciente não quis nem saber. Disse à esposa que não ia parar e que era o melhor tratamento que ele já havia experimentado. Isso já faz uns anos.
      O Protocolo do Dr. Cícero Galli Coimbra trata doenças autoimunitárias em geral. E há algumas neurológicas, outras gástricas, outras de pele,.. O controle da D e do cálcio é o mesmo em todas elas. Algumas requerem doses mais elevadas, outras menos. Em Santa Catarina temos o Dr. Ricardo Toledo. Ele não é neuro, mas conhece o Protocolo e o aplica há uns dois anos. Minha filha é portadora de Esclerose Múltipla. Entre os primeiros sintomas que percebemos, depois o diagnóstico e os surtos posteriores, foram pelo menos 4 surtos em 15 meses. Aí ela começou com a D e no próximo abril completará 4 anos sem surtos. Os rins estão ótimos! Qualqer dúvida, pode escrever no meu e-mail: scaramellu@terra.com.br

  65. Boa noite, sueli estou na cidade de belo horizonte e tenho acompanhado vários comentarios sobre o tratamento com a vitamina D , a minha cunhada tem lúpus , esta fazendo uma dieta rigorosa de vários alimento, pois os medicamentos que usava antes só estava piorando, na ultima consulta agora o medico disse que esta com uma inflamação no pulmão esquerdo ,sera que o tratamento com a vitamina D pode ajudar ,tem contato com médicos em belo horizonte,ficarei muito grata em me informa pois ela precisa de ajuda urgente.

    • Oi, Simone. O tratamento é muito eficiente no controle do Lúpus. Em Belo Horizonte temos o Dr. André, que tem bastante experiência com o protocolo de tratamento de doenças autoimunitárias com altas doses de vitamina D. Veja aqui neste Blog no Contato dos Médicos o endereço dele.

  66. Olá, estivemos em São Paulo a uns 19 dias eu e minha esposa, somos de Sombrio/Sc. Marcamos a consulta com Dr. Sérgio que faz parte da equipe médica do dr. Cícero.
    Tel do consultório 11/5908-5969.
    O tratamento e muito bom.

  67. Meu nome é Elita eu só de Mossoró rn. minha mãe tem uma doença devic à um ano ela hoje é tetraplégica e perdeu. a vissao e ainda deu trombose nas penas ela sente muitas dores nos braços e pescoço ela está faz tratamento com hemoglobina humana mais não tem melhorar. não está dormindo mesmo tomando medicamento para dormir. Me ajude por favor

    • Oi, Elita. É uma pena que a sua mãe receba um tratamento caríssimo (que não está dando resultado) e não seja tratada com vitamina D, que dá ótimos resultados e é muito barata, comparando com essas medicações convencionais. Não sei se Mossoró é no Rio Grande do Norte. É isso? Se for, faça contato com um destes médicos:
      Dr. José Dagoberto
      Especialidade: Nutrologia
      Cidade: Natal (RN)
      Tel: (84) 4009-8100
      Link:http://www.mundo-natural.net/

      Dr. André Monteiro
      – Cidade: Natal (RN)
      Endereço: Av. Antônio Basílio, 3006 – sala 608
      Ed. Lagoa Center CEP 59056-901
      Tel: (84) 98765.3003

  68. Boa tarde, entre em contato com o consultório do Dr. o telefone é esse que tem no site, vai ajudar e muito o tratamento com vitamina D.

  69. Célia Hoffmann, eu já lhe respondi? Não consegui localizar o seu comentário aqui, apenas recebi aviso no meu e-mail.

  70. Ola,fui diagnosticado com Espondilite Anquilosante e ja estou perdendo a mobilidade da coluna,principalmente da lombar.Gostaria de saber se posso iniciar o tratamento com vitamina d na dose recomentada de 10.000 ui por dia,e tbm se é obrigatório fazer a dieta restringindo o calcio.
    Me respondam por favor,nao aguento mais essas dores.Obrigado

    • Olá, Vitor. A Espondilite anquilosante é tratável com vitamina D, mas você precisará de doses mais elevadas do que as 10.000 UI de suplementação. Pode começar a tomar 10.000 UI e não precisa fazer dieta de restrição de cálcio com essa dose, mas para fazer o tratamento com altas doses você precisa de acompanhamento médico, exames periódicos (nos primeiros dois anos) e a dieta adequada. Entenda que com esse tratamento você vai ficar bem e procure acalmar-se, pois as doenças autoimunitárias se alimentam dos estresses e da ansiedade. Veja algum médico que lhe seja mais acessível, conforme o lugar onde você mora e até o preço da consulta. Qualquer dúvida, pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br Lembre-me o assunto.

  71. Boa Noite

    Manipulei D 3 em oleo de girassol, guardei na geladeira, a geladeira ficou muito fria a D3 perdeu as propriedades.

    Muito obrigada
    Helena de Castro

    • Oi, José. O que posso lhe dizer é que conheço resposta rápida e eficiente no tratamento de líquen escleroso genital. Procure um médico que trabalhe com o protocolo (veja a lista no Contato dos Médicos). É necessário usar dose elevada, o que implica em acompanhamento médico no início do tratamento, para acerto da dose e dieta de restrição de cálcio para evitar efeitos colaterais do uso da D.

  72. Olá! Boa noite! Faz muito tempo que leio sobre a vitamina D e o protocolo do Dr. Cícero e hoje venho pedir uma luz. Tenho um amigo que ainda não tem 50 anos e foi diagnosticado com Parkinson no ano passado. os sintomas avançam rapidamente, ele está em depressão, um quadro horrível. Vocês sabem me dizer se a vitamina D trata o Parkinson? Estamos em Porto Alegre/RS e agradeço se puderem me dar uma luz. Grande abraço, Ana

    • Olá, Ana Paula. A vitamina D é usada no tratamento de Doença de Parkinson, mas, como não se trata de doença autoimunitária, não é o Protocolo com altas doses de vitamina D que será seguido. Dr. Cícero desenvolveu um Protocolo de tratamento para Doença de Parkinson, com base no uso de Riboflavina e algumas mudanças de conduta. Procure no Youtube um Jornal Nacional – Parkinson, e terá uma ideia do que se trata. Em Porto Alegre, há um médico com bastante experiência no Protocolo de tratamento com altas doses de vitamina D, mas não sei se ele conhece e trata Parkinson com o Protocolo que Dr. Cícero estabeleceu para o tratamento de Parkinson. Fale com o médico:
      Dr. Antônio Tadeu Costa Martins
      Cidade: Porto Alegre (RS)
      Endereço: Rua Dr. Florêncio Ygartva, 429 – Rio Branco
      Tel: (51) 3333-1528
      Facebook: Empresa Mesoclinica

      Se quiser, pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  73. Tenho lupus há mts anos diagnosticado e ha algum tempo em remissão, mas nos últimos exames um hormônio deu alterado, o paratormonio, em 107,3 Dexteoenye me aoateceram nodulos por td corpo(mama esquerda, utero, pulmao, tiróide).e estou c osteopenia Meu médico receitou AderaD3 50mil UI, 1 compr p.semana, mas estou mto receosa Tenho enxaquecas constantes c dor cruel Insuportável Minha pressão está descontrolada, embora tome Benicar20mg HCT 12,5.De repente, sobe mto De repente, desce mto Tenho fibromialgia, associada ao lupus Estou pensando em procurar outro médico Pq não prescreveu a Vitamina D antes, já que o portador de lupus não pode pegar sol e, portanto, acredito, tenha maior dificuldade em fixar essa vitamina? Agradeço seu retorno Esta matéria me foi mto útil Obrigada Jandira

    • Oi,Jandira. Essa dose de vitamina D (50.000 UI por semana) é uma boa dose de suplementação, mas é de se supor que você precise mais do que isso. Aliás, o tratamento de Lúpus com vitamina D em altas doses costuma ser eficaz, mas requer doses bem mais elevadas, já que os pacientes apresentam resistência à vitamina D. O PTH alto indica falta de cálcio que, provavelmente, é falta de vitamina D para metabolizar o cálcio, de modo que o cálcio ingerido é excretado nas fezes. O ideal é mesmo você procurar um médico que conheça o protocolo do Dr. Cícero e trate não apenas essa falta de cálcio, mas o Lúpus, a fibroialgia e a oscilação de pressão, sintomas que costumam estar associados à falta de vitamina D. Não sei em que Estado você está, mas veja o médico mais acessível para você, no Contato dos Médicos. E, se quiser, pode escrever no meu e-mail: scaramellu@terra.com.br

  74. Por favor eu imploro que nos diga como chegar ao dr Cicero Galli. Meu marido foi diagnosticado com parkson . Ele tem desiquilibrio cai muito. Eu fico muito assustada. Quero muito que ele tenha uma qualidade de vida melhor. Podem nos ajudar?

    • Olá, Célia. Para marcar consulta com Dr. Cícero, ligue no consultório.
      Dr. Cícero Galli Coimbra
      Especialidade: Neurologia
      Cidade: São Paulo/SP
      Endereço: Rua Diogo de Faria, 775 conj. 94
      Tel: (11) 5908-5969

      Insista em horários diferentes, pois o telefone é bem ocupado. Em geral, a partir das 8 da manhã já estão atendendo. De fato, o tratamento é muito eficaz. Não é o protocolo de tratamento com altas doses de vitamina D, pois Parkinson não é doença autoimunitária, mas mesmo assim é diferenciado. Se quiser, pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  75. Boa Noite
    Tenho polineuropatia periferica sensitiva, tomei durante 2 meses Vitamina D3, 10.000 UI, fiz o examen de controle de calcio deu 160 UI , o resultado anterior era 59 UI, fiquei asustada e parei de tomar. Enquanto tomava a Vitamina, fazia controle alimentar mas tomava pouco liquido; me diga por favor o que fazer: porque 160 UI é considerado um nível tóxico pelo laboratorio. Porem eu ja etava melhor dos sintomas. agradeço sua respota

    • Oi, Maria Helena. Acalme-se. Primeiro devo dizer que as suas informações são confusas. Esses 160 devem ser os níveis da vitamina D (25(OH)D3). Deve ser 160 ng/ml. Se o anterior era 59, você não é uma paciente carente de vitamina D, mas, justamente, os portadores de doenças autoimunitárias precisam de níveis mais elevados, pois têm resistência à vitamina D. Admira-me, no entanto, que tenha subido a 160 (ou a >160, veja bem o que está escrito), com apenas 10.000 UI por dia. Essa dose nem requer cuidados na dieta. Que vitamina D você usou? Foi manipulada? Alguma possibilidade de erro de manipulação? Se está melhor dos sintomas, não desista do tratamento, não! É bom investigar a vitamina D. E veja quanto deu o cálcio! Leia e copie corretamente o que está no exame, pois está confuso. 160 UI é algo que desconheço. Se quiser, pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  76. Oi, sou aqui do Acre e fui diagnosticada com Hipotiroidismo autoimune (tem 6 anos que tomo Euthyrox 75) e recentemente com gastrite atrófica (não tomo nada para gastrite, mas evito gordura, lactose e cafeína). Ano passado (2015) removi uma das paratireoides pois devido alteração no PTH descobri uma osteoporose. Estou fazendo 40 anos agora em novembro e tenho mais facilidade para ir à Brasilia. No último exame de sangue que fiz meu IgM deu 44,6 mg/Dl e minha vitamina D deu 45,83 ng/ml. Alguns amigos e médicos me disseram para ir consultar algum médico/clinica especializada só em doenças autoimunes. Gostaria de saber se a clinica atenderia minhas necessidades (para os tipos de doença que tenho), e se tem algum médico em Brasília ou teria que ir em São Paulo mesmo!
    Desde já agradeço a atenção.
    Vanusca Medeiros

  77. Olá Sueli, sou portadora de artrite reumatóide, há 1 ano e 2 meses, já fiz tratamento com os remédios convencionais, metotrexato,prednisona,hidroxicloroquina, e recentemente comecei as aplicações do biológico infliximabe, já fiz três aplicações, mas não obtive sucesso mais uma vez, vi o tratamento da vitamina D na internet e me interessei bastante, moro em São Paulo e queria saber como faço pra marcar uma consulta,e tbm quero saber qual o valor das consultas e do tratamento, se precisa levar exames ,e de quanto em quanto tempo tem o retorno ,e qual dos médicos do protocolo atende por um preço mais em conta , agradeço se puder me responder..

  78. Boa noite! Tenho um filho com dermatite atópica e vamos iniciar o protocolo vitamina D aqui em Pelotas com a médica que consta na lista aqui do site. Já fui informada que ele não deverá consumir leites (animal ou vegetal) com cálcio. Como é uma criança de 4 anos é complicado não ter uma opção para substituir o leite de soja, que é o que ele consome hj (tem alergia a leite de origem animal). Gostaria de sugestões de leites de origem vegetal (marcas) que não tem cálcio. Se alguém puder ajudar ficarei muito grata, pois a data da consulta está próxima.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s