Vitamina D – Por uma outra terapia para as doenças autoimunitárias

Captura de Tela 2014-06-27 às 14.41.38

Simpósio 2014

O filme “Vitamina D – Por uma outra terapia”, produzido entre 2011 e 2012, conta a história de seis portadores de doenças autoimunitárias (a maioria com esclerose múltipla) que tiveram suas vidas transformadas por um tratamento à base de vitamina D.

Com direção de Daniel Cunha, jornalista, portador de esclerose múltipla e beneficiário do mesmo tratamento, o documentário surgiu da necessidade de compartilhar esse conhecimento com outros portadores, seus familiares e conhecidos, profissionais da saúde, estudantes de medicina e interessados em geral.


For more infos in english: http://mscure.aussieblogs.com.au/

Para entender melhor o tratamento e a proposta do neurologista Cícero Coimbra, leia o texto Por um novo paradigma de conduta e tratamento.

About these ads

269 respostas em “Vitamina D – Por uma outra terapia para as doenças autoimunitárias

  1. DR CICERO, também milito na a´rea de saúde e hoje sou portador de um adenocarcinoma de pancreas em fase avançada. S e posível gostaria de poder conversar sobre a vit d3 , como fator imunitário. Atenciosamente, Alexandre.

  2. Caro Alexandre. Este site foi criado por pacientes do Dr. Cícero. Para falar com a secretária dele, veja no Contato com os médicos, na aba Tratamento. Posso lhe adiantar o telefone: (11) 5908 5969.

  3. E muito bom poder saber um pouco mais sobre patologias como estas para podermos tratar melhor nossos pacientes.

  4. Muito importante este trabalho. Com certeza vai ajudar muita gente a conhecer os mecanismos que levam a determinadas enfermidades. Já que não se tem acesso a profissionais competentes na área. Valeu!!!!!!!!!!

  5. BÔA TARDE GOSTEI DESTA MATERIA E QUERIA MAIS INFORMAÇÃO SOBRE O TRATAMENTO PORQUE SOU PORTADOR DE ARTRITE REUMATOIDE E COMESEI A TOMAR VIT,D,3,50000 UL SOFRO DESTE MAL HA 14 ANOS MEU NOME É PAULO ROBERTO

    • Olá, Paulo Roberto. Não sou médica, apenas ajudo no site e estou informada sobre a terapia porque minha filha é paciente do Dr. Cícero. Você está tomando 50.000 UI de vitamina D3 por dia? Está com acompanhamento médico? Porque essa dose exige uma dieta de restrição de cálcio rigorosa! Você precisa fazer exame de urina 24 horas (calciúria) de modo regular, saber como estão as funções renais no início do tratamento. Como você decidiu tomar essa dose? Abraços.

      • Oi Sueli. O cálcio livre que “pode” ser resultante da alta absorção provocada pela alta dose de vitamina D3 no sangue pode ser facilmente controlado pela catálise dos fluídos do sangue, resultante da terapia do catalisador mencionado abaixo.

        Além disso, este número de 50.000 UIs está fora da faixa de toxidade que “poderia” ocorrer pela incrustação do cálcio, que se daria em doses muito maiores, segundo as pesquisas mais recentes que vc viu no artigo sobre vitamina D no blog Saúde&Sabedoria.

        Onde vc viu que existe risco nessa dosagem? Gostaria de saber, pois se existem artigos médicos provando isso, terei de confrontar os pesquisadores que afirmam que isso não acontece.

      • Não discuto questões médicas, Daniel B, pois não sou médica. Não é esse o objetivo deste Blog.

      • Olá Dr. Daniel B, preciso do catalisador magnético e não consegui pelo link da saúde e sabedoria….entrei em contato pelo email informado já por 3 vezes e não obtive resposta. O sr. pode me ajudar ? Fico no aguardo e desde já agradeço.
        Cynthia Faria

      • Olá, Cynthia Botelho. Este Blog nada tem a ver com Daniel B. Ele publicou aqui esse comentário, mas não nos responsabilizamos por nada disso, ok? O criador deste Blog é o jornalista Daniel Cunha.

  6. Sou portadora de Vasculite Cerebral Primária,atualmente ,tomo três imunossupressores; ciclofosfamida,predinisona e micofenolato de mofetila para controlar a doença e não ficar lesada…Sei que tais medicamentos não vão me curar e seus efeitos colaterais são enormes a longo prazo.Estou à procura da cura e gostaria de tentar outros tratamentos.Não se tem muito conhecimento sobre vasculite,então porque não tentar outras terapias.Vasculite também é auto imune.Obrigada.

    • Olá, Rosa. Este site é mantido por pacientes entusiastas do tratamento. Não somos médicos. O que posso lhe adiantar é que a vitamina D é um hormônio, o Colecalciferol, que atua em 229 genes de imunorregulação. Se você está deficiente de vitamina D, o sistema imunológico fica desregulado e, entre outras coisas, pode agredir-se a si mesmo. De modo geral as doenças autoimunitárias respondem bem ao tratamento com vitamina D. Ao invés de imunossuprimir, a vitamina D faz o sistema imunológico funcionar direito. Veja no contato dos Médicos, na aba Tratamento, qual desses profissionais fica mais perto de você. Todos são capacitados a tratar doenças autoimunitárias com a terapia de vitamina D. O único problema de marcar diretamente com o Dr. Cícero é a espera pela consulta. Marque, no entanto. Vale a pena apostar nessa terapia. Abraços.

    • Oi, Jane. Copiei para você. Todos atendem doenças autoimunitárias em geral. Qualquer dúvida, retorne-me no meu e-mail: scaramellu@terra.com.br
      Médicos:

      Dr. Cícero Galli Coimbra

      Especialidade: Neurologia
      Cidade: São Paulo/SP
      Endereço: Rua Pedro de Toledo, 980 – Conj. 131
      Tel: (11) 5908-5969

      Dr. Danilo Chiaradia Finamor *(novo)
      Especialidade: Dermatologia
      Cidade: São Paulo
      Endereços: Rua Nuporanga, 940 Tel: (11) 5082-1013 ou
      Rua Pedro de Toledo, 980 conjunto 131 Tel: (11) 5908 5969

      Dra. Rita Maltez
      Especialidade: Clínica Geral
      Cidade: Niterói/RJ
      Endereço: Rua Cel. Moreira César, 229 – sala 1817
      Tel: (21) 2711-4212

      Dr. Edison Saraiva Neves
      Especialidade: Nutrologia
      Cidade: Brasilia/DF
      Endereço: SHLN lote 10 bl J. Ed. Multiclinicas salas 3/05/307.
      Tel: (61) 3274-8661

      Dr. Edson Tanhoffer
      Especialidade: Neurologia
      Cidade: Curitiba/PR
      Tel: (41) 36721917 e (41) 9225-0843

      • Minha mãe, Ivone, 69 anos, teve neurite óptica em 2008, permanecendo com baixa visão do olho direito. Agora em 2012, novamente apareceu a neurite óptica, no outro olho.O oftalmologista, sugeriu consultar um neurologista dando um possível diagnóstico de esclerose múltipla. Porém ,além dessas neurites, minha mãe tem um problema de pele, acne rosácea. Telefonei para marcar uma consulta com o dr. Cícero G. Coimbra, mas por ser muito difícil, seguindo a sugestão da secretaria marquei com o dr. Sérgio, que faz parte da equipe do dr. Cícero. Porém, consultando esse site fiquei sabendo que a especialidade do dr Sérgio é clínico geral, e não neurologista, como eu pensava… então gostaría de saber se é interessante minha mãe se consultar com esse clínico geral , ou com o dermatologista, que também faz parte da equipe. Estamos ansiosas,e aguardamos sua resposta.
        Desde já somos gratas!

      • Oi, Sívia. Tanto o dr. Sérgio, como o Dr. Danilo estão preparados para tratar doenças autoimunitárias pelo protocolo. O dr. Sérgio é Clínico Geral, mas é doutor em neuro-ciências. No entanto, já que a sua mãe tem também um problema de pele, você pode pedir para a secretária verificar a agenda do dr. Danilo. No que tange à E.M., por ser caso de neurite, a que se dá uma atenção especial pelo prejuízo que a perda de visão acarreta, você pode pedir para o médico que a atender se o dr. Cícero poderia opinar também. Está um pouco difícil ligar lá. No período da tarde é mais fácil porque ficam duas secretárias. Não sei se você já tem o novo endereço. Agora são dois telefones (11)5908 5969 ou (11) 5084 4642. Abraços.

      • Fátima, parece-me que o post é antigo, tanto é que o endereço do Dr. Cícero ainda é o antigo. Na época não contávamos com o Dr. Sérgio. Inclusive faço aqui um alerta às pessoas que buscam pelos contatos: que procurem os dados atualizados, na aba contatos do blog.

  7. Natalia. Dónde estás? Aqui tienes los contactos en Brasil. Aunque no sean todos neurologos, todos trabajan con essa terapia y enfermedades autoinmunes, incluso E.M.. Se quieres un contacto en Portugal, escribe en mi correo electrónico: scaramellu@terra.com.br

    Dr. Cícero Galli Coimbra (consultálo es muy difícil ahora, debido a la demanda)
    Especialidade: Neurologia
    Cidade: São Paulo/SP
    Endereço: Rua Pedro de Toledo, 980 – Conj. 131
    Tel: (11) 5908-5969

    Dr. Danilo Chiaradia Finamor *(novo)
    Especialidade: Dermatologia
    Cidade: São Paulo
    Endereços: Rua Nuporanga, 940 Tel: (11) 5082-1013 ou
    Rua Pedro de Toledo, 980 conjunto 131 Tel: (11) 5908 5969 (misma dirección y número de teléfono del Dr. Cicero – difícil, incluso para llamar)

    Dra. Rita Maltez
    Especialidade: Clínica Geral
    Cidade: Niterói/RJ
    Endereço: Rua Cel. Moreira César, 229 – sala 1817
    Tel: (21) 2711-4212

    Dr. Edison Saraiva Neves
    Especialidade: Nutrologia
    Cidade: Brasilia/DF
    Endereço: SHLN lote 10 bl J. Ed. Multiclinicas salas 3/05/307.
    Tel: (61) 3274-8661

    Dr. Edson Tanhoffer
    Especialidade: Neurologia
    Cidade: Curitiba/PR
    Tel: (41) 36721917 e (41) 9225-0843

  8. Amigo, aos portadores de doenças mitocondriais, particularmente miopatia mitocondrial (MM), é aplicável esta terapia baseada em vitamina D? Você teria alguma dica a respeito de MM? Parabéns pela iniciatiava! Fiquei emocionado, pois estou com minha irmã internada na UTI portadora de MM há mais de um ano e esta matéria motivou minha família, criei um grupo no facebook para os portadores de MM (http://www.facebook.com/groups/miopatiamitocondrial/).

    • Oi, Luciano. Ajudo o Daniel aqui no site. Investiguei no site http://www.scirus.com e encontrei o seguinte artigo:http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0021915010009780 O nome do estudo é: The relationship of vitamin D deficiency to statin myopathy . Não é possível acessar o artigo na íntegra, mas na chamada menciona-se “…significant change in vitamin D levels (9…statin-induced myopathy is not clear…synthesis [15] , mitochondrial dysfunction…101] have linked vitamin D insufficiency and…linking statin myopathy and vitamin D to…Published journal article available from Science Direct.
      O acesso ao artigo é pago, pois esse é um site para profissionais de saúde. Mas é possível ler o Abstract. Ou pagar e ler inteiro, claro.
      Se você puser na busca do http://www.scirus.com mitochondrial myopathy vitamin D encontrará mais artigos. Esse que lhe mostrei é o primeiro.
      Espero que seja uma saída. Mostre ao médico. Dê notícias.

    • Oi, Luciano. Ajudo o Daniel aqui no site. Investiguei no site http://www.scirus.com e encontrei o seguinte artigo:http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0021915010009780 O nome do estudo é: The relationship of vitamin D deficiency to statin myopathy . Não é possível acessar o artigo na íntegra, mas na chamada menciona-se “…significant change in vitamin D levels (9…statin-induced myopathy is not clear…synthesis [15] , mitochondrial dysfunction…101] have linked vitamin D insufficiency and…linking statin myopathy and vitamin D to…Published journal article available from Science Direct.
      O acesso ao artigo é pago, pois esse é um site para profissionais de saúde. Mas é possível ler o Abstract. Ou pagar e ler inteiro, claro.
      Se você puser na busca do http://www.scirus.com mitochondrial myopathy vitamin D encontrará mais artigos. Esse que lhe mostrei é o primeiro.
      Espero que seja uma saída. Mostre ao médico. Dê notícias.

  9. Ola!Meu nome é Adriana,tenho uma doença autoimune chamada Polimiosite e estou com osteoporose por uso prolongado de cortisona.Seria indicado uma dieta restrita de cálcio nesse caso?Gostaria de fazer esse tratamento com vitamina D.Obrigada.

    • Oi, Adriana. Fique tranquila. Os seus exames de cálcio vão indicar quanto você precisa fazer de restrição de cálcio tomando altas doses de vitamina D. Algumas pessoas fazem restrição total, e outras tem alguns itens liberados em quantias determinadas. Atrevo-me a dizer que, com esse tratamento, você não terá mais problemas de osteoporose que, muitas vezes, estão relacionados com carência de vitamina D. Entenda bem: a ´dieta de restrição visa a impedir excesso de cálcio. O excesso de cálcio acontece porque a vitamina D recolhe todo cálcio que está no intestino e joga na corrente sanguínea. O sangue utiliza o que precisa e joga o restante para os rins eliminarem. Se essa sobra for muito grande, os rins não dão conta de eliminar, ficam sobrecarregados e podem produzir cálculos ou, mesmo, calcificar. A dieta de restrição de cálcio evita essa sobrecarga, ou seja, você fica com o cálcio em níveis normais e elimina uma sobra da qual os rins dão conta. O exame de calciúria mostra os níveis de eliminação e o médico faz os acertos necessários na dieta ou na dose de vitamina D. Veja no Contato dos Médicos quem pode orientá-la nesse tratamento, deacordo com o Protocolo do Dr. Cícero. Abraços.

      • Obrigada Sueli.Sou do Rio de Janeiro e liguei para marcar uma consulta com a dra.Rita mas a secretária não está marcando porque só tem vaga para 2013.Vou continuar ligando,pois pode haver alguma desistência.

      • Oi, Adriana. Se precisar (não sei o quanto é grave o seu problema), ainda está fácil marcar com o Dr. Danilo, na Rua Nuporanga, 77 Tel. (11) 5082 1013. A consulta sai R$300,00 e ele atende pelo mesmo protocolo. Abraços.

      • Obrigada Sueli pelo contato do médico,mas ir para São Paulo fica difícil.Já desisti de fazer esse tratamento porque pedi para a secretária da dra Rita perguntá-la,se ela trata pacientes com Polimiosite (que é uma doença autoimune) e ela disse que não trata,não tem resultado.Pena,porque estava bem animada.Boa sorte a todos!

      • Adriana. Vou perguntar ao Dr. Cícero. Se for tratável, você estuda a questão da viagem.
        Beijos.

      • Se não for difícil para você entrar em contato com ele,fico aguardando uma resposta.Muito obrigada,abraços!

      • Oi Sueli!!Você conseguiu perguntar para o médico sobre a Polimiosite?Obrigada,beijos!

      • Oi, Adriana, não me esqueci de você, não! E tenho uma ótima notícia! Ele trata Poliomiosite, sim! Escreva no meu e-mail? scaramellu@terra.com.br Ontem cheguei da consulta às 23h30min e tinha compromisso hoje, por isso não consegui lhe retornar. Escreva-me que combinamos um jeito de você passar em consulta com o Dr. Danilo. Foi sugestão do Dr. Cícero, tendo em conta a espera para consultar com ele. Abraços.

    • Osteoporose se trrata com Magnésio, Vitamina D3, Vit A, Vitamina K2 e doses correta de cálcio. Mensurar os níveis de cálcio deve ser específico do tipo iônico só este pra saber exatamente se existe alguma hipercalcemia. E acredito Adriana que você deveria tentar usar sim a Vitamina D3, discordo da médica que rejeitou lhe tratar para ajudar na questão da Poliomiosite uma vez que é uma doença auto-imune, em que a maioria dos estudos mostram que a vitamina D3 foi eficaz contra quase todas as auto imunitárias. Já sabe que portadores de Poliomiosite tem deficiência grave da D3 e isso já é uma questão a se pensar!

      Júlio Caleiro-

      • Obrigada Julio.Estou fazendo o tratamento com vitamina D há um pouco mais de um mês.Não tive melhoras ainda mas estou muito animada.Fui à SP me consultar com o dr Danilo.

      • Oi Adriana.
        Recomendo voce de todos modos, entrar na fila para ser atendida pelo Dr. Cícero. Ele é o “papa”aqui no Brasil no tratamento devit.D. Eu sou grata a Deus todos os dias porque ele esta tratando toda nossa família. A consulta dele é difícil, mas quando vc consegue é detalhada. Para a consulta de nosso filho, ficamos lá- em consulta- por 2 h. e 45 m.
        . Voltamos para casa com tudo muito explicadinho – ele vai lhe por a par de tudo “tim tim por tim”. Ele faz um levantamento de toda seu histórico médico familiar, etc… e baseado nisso lhe medica. Meu filho -que tem a doença mais grave. Chron muito agressivo, começou o tratamento sem setembro. A px consulta agora é só em Dezembro. Ele teve uma uma reacaída- mas dessa vez sem nenhuma dor – o Dr.Cícero ajustou as dosagens e ele se recuperou muito rápido, graças a Deus. Se não consegui com Dr. Cícero, tente com um médico chamdo Dr.Danilo – tenho amigos tratando com ele – Ele é da equipe do Dr. Cícero. – meus amigos estão muito bem.
        Dr. Cícero Galli Coimbra
        Cidade: São Paulo/SP
        Endereço: Rua Pedro de Toledo, 980 – Conj. 131
        Tel: (11) 5908-5969

        Dr. Danilo Chiaradia Finamor *(novo)
        Cidade: São Paulo
        Endereços: Rua Nuporanga, 940 Tel: (11) 5082-1013 ou
        Rua Pedro de Toledo, 980 conjunto 131 Tel: (11) 5908 5969

      • Dr. Julio, me chamo Mário, tenho Síndrome de Sjogren e me trato com VIt D3 a quase dois anos fazendo acompanhamento e tudo, mas não tenho tido resultados. Meu último ajuste de dose foi agora em outubro de 2012 já estamos em Março…, já era pra ter alguma melhora. O que acha?

      • Mário, muitas pessoas e profissionais confundem Sindrome de Sjogren com apenas secura das mucosas que pode está envolvido outra coisa. Uma doença autoimune tem que ser bem avaliada para que realmente seja diagnosticado de forma correta já começa por aí por aí. Ter secura nos lábios, na lingua, boca, olhos, e outras partes do corpo em momento algum é sinônimo que realmente você tenha desenvolvido a Sindrome de Sjogren, e por isso requer outros tipos de tratamento, talvez por isso ainda não tenha melhorado. Uma outra coisa é a adequação da dose correta no caso da Vitamina D, bem como os acompanhantes suplementar de tratamento. Se estiver tomando a vitamina D por contra própria é outro erro, procure um médico ou Nutricionista que possa te orientar de maneira correta na dose e acompanhamento de todos os parâmetros laboratoriais que é de suma importancia. O tratamento deve ser direcionado por MÉDICO OU NUTRICIONISTA, que isso fique bem claro. Não tome vitaminas, sem oritentação além de não surtir efeitos, você pode correr riscos ou ainda intensificar os sintomas.

      • Dr. Julio, obrigado pela resposta. Quando falei que tenho S. de sjogren, é por que já foi diagnosticado por uma reumatologista através dos exames (FAN, ANTICENTROMERO) e os sintomas de artralgias. Meu médico é o Dr. Cicero, faço o acompanhamento com ele, inclusive ele tem os resultados dos meus exames. Na última consulta que foi em Outubro 2012 ele (Dr. Cicero) aumentou minha dose para 150 mil…, o que acho estranho é que no primeiro mês de uso tive uma melhora de 60% na secura e nas artralgias…, mas depois de um periodo de estresse com meu diretor os sintomas voltaram e mesmo com os ajustes feito com Dr. Cicero, depois com a Dra Rita Maltez não adiantou. Eu acredito no tratamento pois tive uma melhora inrivel no primeiro mês de uso…, só não sei por que não deu mais resultados. Mas pode ficar tranquilo que faço usdo da D3 com acompanhamento do Dr. Cicero.

      • Mário, só pra completar, acredito que você não deva ter Sindrome de Sjogren, mas algum tipo de “Sindrome Seca” o que poderá mudar completamente seu tratamento se for aplicado por mim. Infelizmente alguns profissionais ao se depararem com um paciente que apresenta secura de mucosas, logo afirmam: “você tem Sjogren”, e já escutei uns dizendo ” você tem reumatistmo” o que demonstra mais ignorância ainda, um absurdo! Por favor procure novamente seu médico ou procure outro médico para que possa ver isso corretamente, ok. Qualquer outra dúvida fico a disposição. Abraços e melhoras. Obs: Já era pra você ter melhorado um pouco pelo tempo de tratamento. Se é que foi aplicado por profissional da saúde.

  10. Meu filho esta sendo tratatado pelo Dr. Cícero há 15 dias… Eu nunca vou poder agradecer o suficiente a Deus e ao Dr. Cícero … A melhora é tão grande e inesplicável que só vendo o nosso filho para endender a bénção que está sendo este tratamento.

    • Obrigada por sua manifestação, Vera Lúcia. Continue dando notícias. Participe no Facebook da comunidade Esclerose múltipla tem solução – BemDitas vitaminas. E acompanhe os acontecimentos, envolva-se nesta luta por divulgar essa terapia. Minha filha tem E.M. e se trata há 4 meses, com ótimos resultados. Abraços.

      • Sueli, nosso filho tem doença de Crohn.
        Hoje uma pessoa me ligou dizendo que sua filha (12 anos) está muito mal, com doença de crohn associada a uma difunção mitocondrial. O caso é urgente. Vc sabe se a vitamina D é aplicável neste caso?

    • Oi Vera,
      fui no dr Danilo em Setembro,gostei muito.Ainda não melhorei mas tenho certeza que logo logo isso vai acontecer.Acho melhor continuar com ele mesmo,já que é da mesma equipe do dr Cícero.
      Que bom que seu filho está bem,esse tratamento caiu do céu!!
      Tudo de bom para vc e sua família!!Bjs!!

      • Oi Adriana. concordo com vc. Até onde sei o Dr. Danilo é muito competente. Meus conhecidos que e sao pacientes deles estão muito confiantes. Se Deus quiser um dia vamos comemorar juntos nossa cura.

  11. Vera Lúcia. Por estes dias investiguei um problema mitocondrial no site http://www.scirus.com e havia relação com níveis de vitamina D. Postei aqui no site, respondendo a alguém. Neste momento não posso investigar, mas no final de noite farei isso. Você tb pode procurar. Veja no Google tradutor o nome da doença em inglês e ponha no scirus xxxxxxxx vitamin D. Em todo caso, se a doença de Crohn melhora, já é um caminho. Vou tb perguntar ao Dr. Cícero, já que a minha filha tem retorno com ele hoje, mas sem o nome completo da doença vai ficar mais difícil. Tentarei.

    • Sueli, obrigada pelo rápido retorno. A doença da menina foi diagnosticada como: discreta proliferação mitocondrial subsarcolenal e acúmulo lipídico intrassarcoplasmático. Foi tirado uma mostra do músculo deutróide. A médica dela esta indicando um tratamento com um leite especial por dois meses como unico alimento chamado: modulen. O valor do tratamento é de 17 mil reais. A família é humilde e está desesperada, arrecadando dinheiro de todo lado para conseguir os recursos. Por favor se der nos ajude a conseguir a consulta.Podemos ajudá-la a conseguir os recursos para pagar a consulta e com alegria, porque estará sendo tratada a causa da enfermidade. Obrigada

      • Oi, Vera. Falei com o Dr. Cícero, já que tive essa oportunidade na consulta. Ele imediatamente lembrou-se de você(comentei as melhoras do Felipe e ele ficou muito satisfeito). Vou lhe pedir um favor, escreva no meu e-mail: scaramellu@terra.,com.br .Hoje saio às 12h30min. Por favor, escreva antes.

  12. Olá! tenho 26 anos e tenho fortes dores em todo o corpo em especial nas articulações desde os 15 anos, ja passei por inumeros médicos e reumatologistas, ainda hoje tenho duvidas entre dois diagnósticos: Lúpus ou Artrite Reumatóide.As dores tem se tornado cada vez piores , insuportáveis. Fiz um exame de sangue e a vitamina d foi igual a 10 ng/ml.
    O médico me receitou uma dose de 10ui diária. Já fazem 20 dias que estou tomando mas ainda n obtive melhora. Gostaria de saber se com o tratamento esses niveis ingeridos devem ser muito maiores para surtir efeitos?
    Penso em marcar consulta com o dr Cicero.

    Muito Obrigada.

    • Olá, Giane. Ajudo o Daniel aqui no site e minha filha se trata com o Dr. Cícero. Não entendi quanto o seu médico lhe receitou. Será que são 10.000 UI? Você manipulou alguma fórmula?Tanto Artrite Reumatoide como Lúpus são tratáveis com Vitamina D com excelentes resultados. Marcar com o Dr. Cícero está muito difícil, mas o Dr. Danilo, que conhece o protocolo para tratamento de doenças autoimunitárias com vitamina D, tem horários disponíveis. Ele atende no mesmo espaço do Dr. Cícero, mas lá é difícil até de ligar. Sugiro que ligue e marque no outro consultório, na Rua Nuporanga, 77 (11) 5082 1013. Se quiser mais detalhes, escreva no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

      • Muito Obrigada, Sulei! Sim manipulei uma fórmula aqui nela diz apenas 10ui….
        Estava ligando para o Dr. Cícero realmente dificil até de atender, rsrs, mas vou seguir a sua sugestão tentar marcar com o Dr. Danilo. Estou muito esperançosa com esse tratamento.

        obrigada.

  13. Olá, alguém sabe me informar se esse tratamento funciona para ” Miastenia Gravis” doença auto imune…marquei consulta com Dr. Cícero, mas será em maio de 2013, ví a sugestão com Dr. Danilo, será que dá bom resultado tb? Alguém aqui faz tratamento para Miastenia Gravis?

    • Olá, Cleide. A Vitamina D é um poderoso hormônio que atua em 229 genes de imunorregulação. Portanto ela torna saudável o sistema imunológico e, com isso, controla as doenças autoimunitárias que são fruto do descontrole desse sistema, associado a algumas outras tendências. Aconselho fortemente que vá ao Dr. Danilo, na Rua Nuporanga, 77 tel. 5082 1013. Ele trata doenças autoimunitárias em geral, da mesma forma que o Dr. Cícero. Quando for ao Dr. Cícero, já estará com muitos meses de tratamento, evitando o agravamento dos sintomas e, mesmo, recuperando-se dos já existentes. Não sei se você é de São Paulo, mas, uma vez marcada a consulta, peça à secretária que verifique com o médico os exames necessários e procure trazê-los feitos. E dê notícias. Se quiser algum detalhe mais, pode escrever direto no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

    • Ola Cleide, o Dr. Cicero trata pacientes com miastenia gravis sim. Temos um grupo no facebook chamado “Esclerose Multipla tem Solucao… bEMditas vitaminas” e um dos membros tem miastenia e eh paciente do Dr. Cicero. Inclusive eh sua xara. Qualquer coisa apareca por la! E tambem recomendo que voce ja inicie seu tratamento se consultando com o Dr. Danilo. Abs!

  14. Tenho AR refratária há 33 anos. Há uns 13 dias venho lendo artigos postados por vcs. Trabalho esse maravilhoso.Graças à vcs mmarquei consulta com Dr. Danilo. Estou esperançosa, pois trato com terapia convencional desde 1979 ininterrptamecomnte e estou com o sistema imunógico fragil . Muita gripe, rinite ,dores,derrames nos joelhos etc…Com vcs,ascendeu uma nova LUZ. PARABENS À VCS E AO DR. CÍCERO .

    • Que bom Iraci, voce vai ver como sua saude vai melhorar de modo geral, e voce voltara a ter uma otima qualidade de vida! Nao deixe de dar noticias, e se tiver facebook, participe do grupo que menionei logo acima, eh um local otimo para trocarmos experiencias e informacoes. Abs!

  15. Olá! Gostaria de saber se existe algum estudo relacionando a Vitamina D com Vitiligo e Tireoidite de Hashimoto. Existe algum médico no Rio Grande de Sul que segue a linha do Dr. Cícero. Aguardo ansiosa. Muito Obrigada

    • Oi, Liége. Tanto Vitiligo, como Tireoidite de Hashimoto, por serem doenças autoimunitárias, são tratáveis com vitamina D em altas doses. Infelizmente não temos nenhum médico no RS atendendo pelo Protocolo. Aqui em São Paulo, no entanto, temos o Dr. Danilo que, além de estar preparado a respeito do Protocolo do Dr. Cícero, pois fez doutorado com ele, é também Dermatologista. Faça contato na Rua Nuporanga, 77 (11) 5082 1013. Abraços.

    • O tratamento de tireoidite de Hashimoto consiste em melhorar os níveis de T3, e mensurar a quantidade de ‘T3 reverso’ ALÉM DE; reverter o HIPOTIREOIDISMO TIPO 2 algo que os médicos convencionais desconhecem, em quem usa o Puran T4 durante muito anos e leva uma alimentação irregular, além do sistema imune contribuir muito para a evolução desta doença. A vitamina D3 bem como outros agentes terapeuticos são úteis no tratamento desta Patologia e supera os convencionais. Há estudos que comprovam também que a vitamina D3 dentre vários outras substâncias são úteis e reverter o Vitiligo. Espero ter ajudado!
      Júlio Caleiro-

  16. Pingback: Livros do MEC promovem MST, racismo, prostituição, incesto, estupro, pedofilia e agressão a professores para alunos do ensino fundamental – aborto, saude e tráfico de pessoas « Objeto Dignidade

  17. OLÁ! TENHO 26 ANOS, SOU PORTADORA DE ATAXIA CEREBELAR, QUERO SABER SE ESSA DOENÇA ESTÁ ENTRE AS DOENÇAS AUTOIMUNES TRATAVEIS COM VITAMINA D?
    DESDE JÁ AGRADEÇO!

    • Oi, Paula, já sei que tudo está encaminhado. Não lhe respondi aqui porque estava observando o desenrolar dos fatos no Facebook. Para quem visitar esta página, deixo aqui registrado que o tratamento é possível.

      • Oi Paula eu estou tratando hipotiroidismo com Dr.Cicero. Meu nivel inicial de Vit. D, era 8, onde deveria no mínimo ser 30 e o ideal 40. Meu filho, e meu esposo tb estão em tratamento( doença de Chron). Ainda não fomos ao retorno, mas a melhora que tive foi impressionante, Estou mais animada e até emagreci, embora não esteja fazendo regime. Diminuiram: apetite, estresse, sololência, unhas não estão quebando mais.
        Estou muito confiante. Se tiver alguma dúvida, comece pedindo a um clínico qq a sua dosagem de vit. D. Não tenha medo o tratamento é surpreedente, fácil e barato. Meu filho tb está respondendo muito bem ao tratamento.

    • Ataxia Cerebelar é muito bem tratata com CoQ10, ( co-enzimaQ10) e pode associar a vitamina D3. Em pouco tempo, como alguns estudo sugerem o paciente volta a ter mais força, equilibrio e energia e já foi relatado pessoas se livrarem da doença por completo. Infelizmente no Brasil está substância foi impedida de ser vendida sem mesmo uma CAUSA LÓGICA, RAZOÁVEL! Sem explicação! Mas consegue importar ela através de sites que sugiro sempre aos pacientes. É algo revolucionário! Os médicos convencionais são contra.

      Júlio Caleiro-

      • Meu esposo é portador de Ataxia Espinocerebelar. Temos interesse em iniciar o tratamento o mais rápido possível, a doença manifestou- se há mais de 10 anos, atualmente não faz nenhum tratamento porque os médicos tradicionais dizem que não tem o que fazer. Residimos em Juazeiro/Bá, mas estamos dispostos a ir no local onde conseguirmos a consulta no menor tempo possível .obrigada. Luciana.

      • Oi, Luciana Léda. Já vi casos de ataxia cerebelar que responderam muito bem ao tratamento. Vai depender de quanto houver de autoimunidade na origem da doença dele. Acho que a melhor opção para você é um médico na Bahia que tem conseguido ótimos resultados:
        Dr. Érico Carvalho
        Cidade: Ribeira do Pombal (BA)
        Endereço: POLICLÍNICA E DAY HOSPITAL VIVA
        Av. Hildete Lomanto, 840, Centro CEP 48400-000
        Tel: (75) 9878-0425 (Operadora Vivo)
        Email: neuroimuno@yahoo.com.br

        Gostaria que me mantivesse informada. Pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

      • Oi, Sueli! Obrigada por sua atenção.
        Estivemos com o Dr. Érico, em Ribeira do Pombal, no dia 23/05/14. Os suplementos chegaram ontem ( 21/07/14 ), retornaremos em novembro para avaliar os resultados, estamos esperançosos, por tratar-se de doença degenerativa, qualquer melhora é positiva, por mínima que seja. Um abraço!

      • Bom dia
        Luciana entra em contato comigo, pois meu marido tbm tem ataxia e esta fazendo o tratamento com a vit D.

    • Valderi, é possível utilizar a vitamina D no tratamento de pele e na musculação. Na página do facebook: https://www.facebook.com/NutricaoNoTratamentoEPrevencaoDeDoencas você encontrará os estudos científicos a respeito destes assutos. Esta página divulga essencialmente, dentre outros assuntos, a dietoterapia aplicada pelo Dr. Julio Caleiro. Veja esta notícia publicada ainda hoje:

      A vitamina D no tratamento de pele – Psoríase
      “A substância ainda é empregada contra a psoríase, doença crônica marcada por lesões na pele. Mas, em vez do suplemento, o médico receita uma pomada à base da vitamina. “Na psoríase, as células da pele estão desreguladas e se multiplicam num ritmo acelerado, gerando as crostas”, explica a dermatologista Letícia Secco, da Sociedade Brasileira de Dermatologia. “O creme permite que essas células voltem a replicar em velocidade normal e os sintomas tendem a zerar. (Revista Saúde, editora Abril, de abril de 2011, página 27.)

      https://www.facebook.com/NutricaoNoTratamentoEPrevencaoDeDoencas

    • Oi, Valderi. Uma coisa não interfere na outra. A vitamina D é um imunorregulador. Também observo que a vitamina D, combinada com alguns suportes, recupera massa muscular. Se fizer musculação utilizando altas doses de vitamina D, apenas tenha em conta que, em caso de dores, deve evitar antiinflamatórios nefrotóxicos. Abraços.

      • Para ter acesso ao Protocolo, o médico precisa dispor-se a vir a São Paulo para estar com Dr. Cícero e preparar-se adequadamente. Todos nós torcemos para que muitos profissionais competentes se dediquem a essa tarefa de modo íntegro, afinadíssimo com o Protocolo e sem querer tirar proveito disso. Enquanto isso não acontece, nós, de São Paulo, procuramos facilitar ao máximo a vinda de todos, com as informações que temos. Acessem o grupo no Facebook Esclerose Múltipla Tem Solução-BemDitas Vitaminas. Abraços.

  18. Olá ! Após a informação sobre a importancia da vitamina D. Fiz um exame, neste constou 18,2 ng/ml. Não tenho doença autoimune (a não ser que dermatite seborreica possa ser considerada como tal) Diante deste resultado considero seguro tomar 10.000 UI por dia com a finalidade de previnir males maiores, e também de melhorar minha saúde.. Estou certo ? Gostaria .de saber se aquelas vitaminas D compradas no site “http://www.iherb.com/” são confiáveis.

    Gostaria também de parabenizar a iniciativa do site. A importancia desta vitamina (hormonio) é muito grande. É preciso concientizar a população. Em minha cidade Porto Ferreira – SP eu transmito essa informação a todos. Inclusive coloquei no jornal já.

    • Perfeito, Rodrigo, você pode tomar 10.000 UI por dia. A vitamina D vendida no site http://www.iherb.com são confiáveis, sim. Pode ser da Now Foods, da Solgar, da Healthy Origins. Também sugiro que nos primeiros dois meses você tome 15.000 UI. Digo isso porque o meu exmae foi 23 ng/ml e a minha prescrição foi 15.000 UI. Nesse caso, diminua o consumo de leite e derivados (enquanto estiver tomando as 15.000 UI). Depois pode tomar 10.000 UI sempre. A dermatite atópica é autoimune, já a seborreica parece-me que não. Mas você vai sentir uma grande melhora na sua disposição geral e na resistência a infecções. Boa sorte.

      • Rodirgo, apenas completando: parabéns a você também pela iniciativa de divulgar no jornal!

      • Sueli. Esqueci de perguntar algo. Enquanto não chega a vitamina do iherb, comprei a depura. Ok ! Existe alguma recomendação sobre o horario correto para tomar a vitamina ? Posso toma-la apos as refeições ou preciso esperar um pouco ? Na bula da Depura diz pra nao diluir em água, claro, eu nao faria isso porém isso me plantou a dúvida sobre como consumir as gotinhas.

        Obrigado mais uma vez !

      • Oi, Rodrigo. A orientação é tomar no café da manhã ou no almoço. Eu evito tomar próximo de líquidos quentes. Pingue numa colher. A Depura tem 200 UI por gota. P)ara tomar 10.000 UI são necessárias 50 gotas. Comece com menos, umas 25, que já ajudam. Abraços.

      • Sueli. Lembro-me que quando comecei a tomar vitamina D, minhas crises de panico pararam. Andei tomando 7000UI. Lembro-me que voce disse que eu poderia tomar 10000UI, contudu li uma reportagem que dizia que vitamina D em exesso poderia haver calcificação de vasos sanguineos proximos ao coração. Eu estive por sentir durande o sono palpitaçoes estranhas no peito. Suspendi a vitamina D e as crises de panico voltaram. Realmente fico perdido sobre o assunto. Voce disse sobre tomar 10000 UI, mas e se eu ja tomo sol ? Neste caso poderia haver uma superdosagem. Outra duvida; a suplementação não tem ligação com a idade e o peso ? Esse assunto é bem dificil de lidar. De um lado vejo pessoas defendendo, mas de outro lado vejo medicos atacando doses maiores que 1000 UI. Acho que o melhor jeito de saber seria fazer o exame. Com que frequencia devo fazer o exame para notar um aumento de vitamina D no meu sangue ? Minha mãe melhorou de sua depressão tomando 4000 UI. No exame ela tinha 21 Ng/ml. Ela tem 50 anos e é magra. Desculpe incomodar. Mas prefiro acreditar no que vejo neste blog, do que no que vejo na internet de forma geral. Simplesmente porque as pessoas aqui relatam coisas boas não é ? Obrigado.

      • Olá, Rodrigo. Não sou médica, você sabe, mas o que comento aqui foi-me dito em consulta, ou foi defendido pelo Dr. Cícero em artigos ou entrevistas. 10.000 UI de vitamina D todo dia é seguro, está comprovado, apenas o conhecimento desses fatos, que são conclusões de pesquisas sérias, não está disseminado na comunidade médica. Pelo contrário, parece que há um empenho em se demonizar a Vitamina D, talvez pelos prejuízos que pessoas saudáveis costumam dar a quem depende de vender remédios. Creio que você ficou sugestionado com a possibilidade de ter problemas cardíacos e isso o levou a essas sensações. Com tão pouco tempo de uso, e nessa dose de 7.000 UI, você jamais teria problemas. Repare bem nessa reportagem: o acúmulo de cálcio em lugares “estranhos” a ele dá-se mais na carência da vitamina D, já que o cálcio, nesse caso, não é devidamente metabolizado. Você pode fazer o exame 25(OH)D3 de 2 em dois meses. Em geral, depois de 2 meses a vitamina D estabiliza, ou seja, para de subir enquanto você mantém a mesma dose. Bom saber que a sua crise de pânico sumiu! Mas, se voltou, o que você acha que pode fazer? Bom saber da sua mãe, também! Tomar sol nunca vai intoxicá-lo: se o corpo detecta que a vitamina D está suficiente, a própria pele destrói a vitamina D que você produziria. Mesmo assim é bom tomar sol porque a vitamina D não é o único benefício obtido com a exposição solar. Fora isso, Rodrigo, se você não se sente seguro, procure um dos médicos que conheça o protocolo, ou seja, um desses que não tem medo da vitamina D. Entre no Facebook onde estão os pacientes mais antigos do tratamento e peça para ser adicionado: Esclerose Múltipla – O Tratamento. Se não achar, procure por mim no Face. Lá eu sou Sueli Uliano. Abraços.

    • Obrigado. Com certeza fui sugetionado. Alias esse é um dos problemas do panico, agente se sugestiona muito facil, e corpo mesmo simula os sintomas que na verdade não existem, por isso é otimo ler isso que vc escreveu. Quando achava que que estava tendo ataque cardiaco, bastava medir a pressao e a pulsação e ver que não era NADA. O mesmo vou fazer agora fazendo exames de rotina de 2 em 2 meses. Isso deve cancelar meu sugestionamento negativo. Realmente percebo um esforço em segurar essa informação da vitamina D. Oque vejo por aí são reportagens mal dadas, que contam a história pela metade. Assisti aos videos do Dr Cícero, minha mãe estava a tomar um atidepressivo muito forte mas melhorou bastante com a vitamina D após 2 semanas de uso de 4000 UI por dia. Acredito que a industria MORRE de medo as pessoas descobrirem isso, por uma simples razão; se a informação cair ao publico não ha nada que eles possam fazer pra evitar as pessoas de tomar sol, que é de graça e que não pode ser modificado. Quando digo pras pessoas que o sol que devemos tomar é o das 11h ou da 13h, as pessoas me olham horrorizadas, contudo, são apenas 20 minutos. E hoje sabemos que o sol não causa Melanoma, mas pode causar Cancro, que é um cancer benigno; entretanto isso seria impossivel com uma exposição de 20 minutos a 30 minutos ao dia. Tentam então demonizar o sol. Mas acho que as pessoas estão se ligando, aos poucos. Continuo disseminando a informação. Em casa os beneficios não acabaram por aí, minha avó tem diabetes a 20 anos, e tomando 4000UI por dia ela reparou uma redução na sua doença, ela mede a diabete 2 vezes ao dia, semana passada ela me disse que a diabetes andou baixa a semana inteira. Eu disse pra ela tomar 7000 UI. Penso assim, o fato é que temos que manter os níveis entre 50ng/ml e 60ng/ml. Vou tentar fazer isso fazendo exames de rotina. Se caso eu não conseguir, vou procurar um médico da lista. Obrigado mais uma vez.

      • Rodrigo e Sueli, muito obrigada pelas informações.
        Acima Sueli você disse que depois de dois meses tomando vitamina d os índices estabilizam. Eu estou tomando vitamina d para depressão e alergias, 10 mil UI por dia. O meu índice no último exame deu muito baixo, 17ng/ml e imagino que chegar no 50ng/ml seja bom. Gostaria de saber como devo proceder neste caso para que o meu nível não pare de subir depois de dois meses, caso depios de dois meses ele não suba até o desejado?
        Mais uma vez muito obrigada! Sueli, obrigada por nos ouvir e esclarecer nossas dúvidas.

      • Oi, Ana. Você deve continuar tomando 10.000 UI. Uma vez que estabiliza, não sobe mais, a não ser que aumente a dose. Mas se parar de tomar, cai rapidinho. Sues níveis deverão bater nos 80 ng/ml com essa dose. Mantenha assim.

      • Sueli, muito obrigada! Agora tenho um parâmetro para quando fizer os exames daqui há dois meses.

    • Oi, Maria José. Até 10.000 UI diariamente qualquer pessoa pode tomar, mesmo que não tenha uma doença autoimunitária. Eu tomo Sintroid 150 e tomo 10.000 UI por dia de vitamina D. Abraços. Esteja à vontade para esclarecer alguma outra dúvida.

      • Ola Sueli! Eu também tomo Sintroid 150 e 6 gotas de pedura por dia e meu exame Hidroxi Vitamina D — 39,7 ng/ml.

      • Olá, Esmel. Você está suplementando o hormônio da tireoide, já que ela não produz o suficiente. Esse nível de vitamina D é dado como normal, mas até pode subir um pouco. Mas essa Depura não é tratamento para hipotireoidismo. É apenas uma suplementação. No caso do hipotireoidismo, se você quiser tratar com altas doses, precisa de acompanhamento médico. Em prncípio, os anticorpos que atacam a tireoide vão diminuir até os nívesi considerados normais. Mas se a tireoide vai voltar a funcionar depende de cada pessoa.

  19. Olá, faço acompanhamento com reumato a 7 anos e o diagnostico e de sindrome de joegrenn que é um primo do lupus.Fiz exame de vit D em 2012 por um pedido meu, e deu 0,7 o medico me receitou 2 cap por dia de 400 ui nao sei se é suficiente. Moro em Canoas/RS. Gostaria da indicação de um medico que pudesse me dar orientação para tratamento com vit D.Essa doença
    afinou a minha pele.Obrigada,
    Mara

    • Olá, Mara. Síndrome de Joegrenn é tratável com altas doses de vitamina D. Não sei se o seu exame deu 0,7 ou 7 (confirme). Ambos os casos seriam níveis baixos, mas o primeiro é quase indetectável. Tomar 800 UI por dia fez o seu nível subir 8 pontos em dois meses e parar por aí. Ou foi para uns 9, ou foi para uns 15 ng/ml. Ou seja, pouco adiantou. Se subiu um pouco mais foi porque você resolveu tomar sol, se é que a sua patologia lhe permite isso. Então, por favor, não perca tempo! Procure um médico que a trate com altas doses, antes que você tenha um problema mais sério. Infelizmente você terá de vir a São Paulo. O dr. Cícero no momento está com a agenda fechada (pelo acúmulo e os retornos), mas há dois médicos muito bem preparados, que o auxiliam. Atendem no mesmo consultório: (11) 5089 5969 ou (11) 5084 4642. Um deles atende em outro consultório na região: (11) 5082 1013. Se precisar de mais informações, pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  20. Olá!
    Fico sempre muito feliz em ver tantos relatos de sucesso com o tratamento a base de Vit. D, sobretudo nos casos onde o tratamento convencional ajuda pouco ou nada. Mas me surpreende não ver criticas no site, porque é só o que ouço, principalmente da classe médica, que sempre se assusta com as doses de Vit. que são prescritas.
    Tenho Artrite Reumatoide e fiz tratamento com a Dra. Rita por quase dois anos sem qualquer melhora. Tinha deficiência de Vit. D e com o tratamento ela aumentou para 294,4 ng/ml. Mesmo assim, a doença só progride.
    Comecei a apresentar Tendinose calcária e alguns médicos desconfiam, e outros afirmam que está sendo causado por intoxicação por Vit. D.
    Assim, como estou sem acompanhamento porque a Dra. Rita parou de clinicar, suspendi o tratamento há um mês, e não percebi qualquer alteração do quadro até o momento.
    Infelizmente o tratamento imunossupressor também não me ajudou.
    Estou aguardando uma consulta há meses para ouvir o Dr. Cícero, na esperança que ele tenha alguma orientação adicional para o caso.
    Achei importante compartilhar, porque talvez nem todo paciente responda a esta terapia.
    Att,
    Fernanda

    • Olá, Fernanda. Em primeiro lugar, quero deixar claro que nenhum comentário é excluído aqui. Vi em outro post seu que você tem também síndrome de Sjogren. Não sou médica, mas o que aprendi com o Dr. Cícero, nas longas consultas da minha filha e acompanhando a história de outros pacientes, é que algumas pessoas têm uma resistência muito alta à vitamina D, apresentam mais de uma doença autoimunitária, justamente por isso, e a dose precisa ser ajustada até que se consiga vencer essa barreira. Você diz que está aguardando uma consulta há meses com o Dr. Cícero. Está marcada? Você poderia consultar-se com algum dos médicos que trabalham com ele no consultório e que teriam oportunidade de interagir com ele, no seu caso. No nosso grupo do Facebook já vi relatos sobre artrite reumatóide e espondilite anquilosante em que o tratamento está indo muito bem. Apareça por lá. É um grupo fechado, mas basta pedir para ser adicionada. O grupo se chama Esclerose Múltipla – O Tratamento. Não perca as esperanças. Você tomava mais de 100.000UI por dia? O s seus exames de calciúria estavam conforme as expectaitivas? Se quiser, podemos conversar por e-mail scaramellu@terra.com.br

    • Olá Fernanda. Eu também tenho AR já alguns anos, embora o diagnóstico nunca foi fechado, mesmo tendo procurado vários reumatologistas. Fiz alguns tratamentos convencionais sem sucesso. Minha consulta está marcada para junho (Dr Danilo). Fiquei preocupado com o que você falou acima, pois há alguns meses o problema tem piorado. Estou com dificuldade para executar alguns movimentos com os braços, mais precisamente nos ombros. Está ocorrendo desgaste; parece que está osso com osso. Quais são seus sintomas? Quais resultados de exames você julga importante para levar na 1ª consulta? Obrigado.

      • Olá! Costumo levar os exames que apresentaram alterações e os mais recentes na primeira consulta. Quanto a AR preferiria que conversássemos por e-mail, por favor. Meu contato: adlige@hotmail.com

  21. Olá Sueli! Obrigada por responder tão prontamente e de forma tão atenciosa. Gostaria inicialmente de esclarecer que em momento algum pretendi, em meu comentário, duvidar da seriedade do site. Apenas quis destacar a minha surpresa com a aprovação quase unânime do tratamento neste espaço.

    Tenho uma consulta marcada desde o ano passado com o Dr. Cícero; será no início de maio, espero. A secretária dele me ofereceu vaga com outros médicos, mas declinei. Neste momento não tenho disponibilidade para pagar R$ 500 numa consulta com um médico da equipe dele, porque já estive nesta situação por dois anos, e como lhe disse, sem melhoras. Nutro a esperança que o próprio Dr. Cícero tenha algo diferente a propor. Pagar R$ 500 para um destes médicos, e depois mais R$ 800 pela consulta com o Dr.Cícero para mim é inviável.

    Nunca tomei mais que 35.000 UI, e meus exames eram bons. Depois de alguns meses a médica que era da equipe do Dr. Cícero liberou três dias de dieta livre (livre mesmo) por semana e cumpria com muita facilidade as recomendações.

    Neste ponto, fiquei assustada ao ler um comentário seu (“O Dr. Cícero ficou bem chateado com pacientes que lhe disseram que foram á pizzaria e não resistiram e comeram alguns pedaços de pizza com queijo, pois podiam, segundo o dr. Cícero, ter tido uma arritmia”)…primeiro porque eu já tinha arritmia cardíaca e segundo porque nos dias de dieta livre frequentava até rodízio de Pizza.

    Bem, depois do diagnóstico de calcificação nos tendões, confesso que terei insegurança para tomar mais do que habitualmente usava, até porque com 35.000 UI cheguei a 294 ng/ml de Vit.D, o que parece um valor muito bom se considerarmos os depoimentos na net.

    Estou insegura, mas ainda com esperança, o que sempre é necessário para seguirmos em frente.
    Mais uma vez obrigada!
    Abs,
    Fernanda

    • Oi, Fernanda. Não vou sossegar até não vê-la tendo ótimos resultados. Quando a minha filha começou o tratamento, ela tem E.M., eu acompanhava os relatos preocupada com que aparecessem casos sem resultados. Mas o fato é que a minha confiança só aumentou. Não sou médica, como já lhe disse, mas lendo o seu relato, sinceramente, fico no mínimo confusa. Não entendo a conduta que, não vendo resultados positivos, ao invés de aumentar a vitamina D e manter a dieta, manteve a vitamina D e liberou a dieta por alguns dias. Com que propósito? 35.000 UI é uma dose relativamente baixa para quem tem mais de uma patologia, como você. Normalmente os exames dão como resultado níveis > 160 ng/ml. O Dr. Cícero, em alguns casos, pede que o paciente insista para que o laboratório apresente o resultado exato, mas nem todos estão preparados para isso. Mas > 160 ng/ml pode ser muita coisa, não é? E não é incomum resultados acima de 300. O que interessa é saber a sua resistência à vitamina D. E isso se percebe analisando os outros exames que indicam quanto você aproveita dessa vitamina D inativa, tornando-a ativa. Você fez exames de paratormônio? Como estava a calciúria 24 horas? Tomava também as cápsulas com magnésio, zinco, riboflavina, etc que atuam na absorção da vitamina D e na eliminação do cálcio?
      Você vai passar com o Dr. Cícero. [Se passasse com outro da equipe, no mesmo consultório, e pedisse que o seu caso fosse comentado (tendo em vista as suas circunstâncias), com o Dr. Cícero, só não seria atendida se no momento ele não estivesse lá]. Pois bem, confie totalmente no que ele lhe disser. A minha filha, que tem 50 quilos, começou tomando 40.000 UI, estava relativamente bem, mas, na segunda consulta, pelos exames, o Dr. Cícero aumentou para 50.000 UI. E ela ficou melhor ainda. Mas passa longe de leite e derivados mesmo! Eu já vi o Dr. Cícero liberar, para uma amiga da minha filha, uma xícara de leite (150ml) OU uma fatia de queijo por dia, durante uma semana, e fazer exame de calciúria em seguida, para ver a alteração. Conforme o resultado, seguir ou não com a liberação. E essa menina toma 35.000 UI por dia, tem E.M. e recebeu alta ambulatorial.
      Fernanda, depois do seu relato, tenho certeza de que o seu caso necessitava de ajuste da dose, não de liberação da dieta. Isso talvez explique o problema do cálcio nos tendões, talvez não! Sei que o cálcio tende a se acumular em tecidos moles quando existe carência de vitamina D. E mesmo com 294 ng/ml de vitamina D inativa, talvez você careça da ativa. Você poderia ter tido cálculos renais, isso sim! Ou algum problema renal mais sério. Não tanto pela dose da vitamina D, como pela ausência da dieta. E talvez pouca preocupação com a hidratação necessária.
      Tudo isto são conjecturas de uma mãe que buscou informações para assegurar-se de que o tratamento da sua filha é confiável. E lhe disse tudo isso apenas para que aumente a sua esperança e se submeta ao que o Dr. Cícero lhe disser, pois ele sabe muito muito muito bem o que está fazendo!
      E foi muito útil a sua manifestação aqui. Vamos manter contato.
      Abraços.
      Sueli

  22. Veja um CASO Real de CURA TOTAL de Lupus Eritematoso sistêmico, Artrite Reumatoide e síndrome de sjogren, a doença mista do tecido conjuntivo.
    Foi o caso de cura da minha esposa, criamos um blog para dividir toda nossa história em detalhes. Suplementação vitamínica e mineral, dieta anti-inflamatória, prática de atividades físicas diárias, suspensão total das drogas, auto-hemoterapia 20 ml de 5 em 5 dias, tudo com acompanhamento Médico.
    http://www.curassecretas.blogspot.com.br

  23. My daughter is age 20 and has had Crohn’s disease for five years and she is having a severe flare. She has been taking 10,000 IUs of Vitamin D3 for three weeks now, but her symptoms have not improved. Is it advisable for her to take 50,000 IUs of Vitamin D3 until her symptoms go away and then, at that point, reduce to 10,000 IUs to continue remission? When taking 50,000 IUs of Vitamin D3 everyday, should she only take 400 MGs a day of a Calcium supplement and not eat any foods high in Calcium? She likes to drink milk but I do not want her to eat or drink anything high in Calcium if that will cause too much Calcium to be deposited into her kidneys while she is taking 50,000 IUs of Vitamin D3 on a daily basis. Thank you, in advance, for your advice!

    • Hi Lisa, I’m Ana Claudia from FB, I just added you today. Sueli is the one that usually answers the questions here but because it’s in English she called me. Lisa, the doctors that prescribe the protocol say that for a dose higher than 10.000IU/day it’s advisable to have medical supervision. What you can do is raise the dose to 20,000IU and see if there’s an improvemente. This dose is still pretty safe, just tell her to avoid dairy (to avoid hypercalcemia) and take 25(OH)D3 tests every 4 months, to see how her levels are. For doses higher than that, she really should avoid dairy completely and take calcium tests every 4 months as well, blood tests (total and ionized calcium) and urine test (calciuria 24hrs). These are precaucions to avoid kidney stones, which is the only side effect extremely high doses of vitamin D can cause. Drink plenty of water is also important, at least 2.5lts a day. In almost 5 years of treatment my calcium levels have always been normal, as long as we cut back on dairy, we have no problems. I live in the USA, in Albuquerque, NM. My neurologist and my primary care support me in this treatment. If you could get a doctor that will help you, asking for the tests your daughter should take every 4 months, it’d be great. Lisa, we have a Facebook group called “Esclerose Multipla – O Tratamento”. It’s in Portuguese but FB offers translation on the posts (not on the comments). There are many people there that speak English and there are even posts in English, since some of Dr. Coimbra’s patients are from other countries. If you’d like to join, you can post your doubts there and you’ll always find someone to answers your questions. If I can help in any other way, just let me know!

  24. Ola, tenho um amigo que sofre de uma doença chamada Lipoedema, que acumula gordura nos quadris e nas pernas ( ja foi operado 2 vezes ), nao se sabe a origem da doença, pensam que é hormonal. Poderia ser o caso de tentar a vitamina D ? O dr Cicero ja teve algum paciente com essa doença ? Obrigada

    • Olá, Andréia. Você poderia informar-se telefonando para o consultório do Dr. Danilo, que é especialista em tratamento de doenças autoimunitárias com vitamina D e é também dermatologista. (11) 5082 1013 – após o meio-dia. De fato, pelo que vi, é uma doença rara de etiologia desconhecida. Nada impede que o seu amigo faça um exame 25(OH)D3 e procure manter os níveis de vitamina D em torno de 80 ng/ml, o que ele conseguirá com doses de 10.000 UI por dia. A vitamina D3 é comprovadamente uma aliada contra a obesidade. Pode ser que ajude também nesse caso.

  25. Por favor alguém já recebeu o exame da Vit. D. com valores não quantificados? No meu último exame, para minha surpresa, não há um valor preciso, apenas uma observação de que o valor é superior a 320 ng/ml.
    Obrigada!
    Fernanda

    • Oi, Fernanda, você já faz o tratamento com altas doses de Vitamina D? Normalmente os resultados vêm expressos assim: > 100 ng/ml ou > 160 ng/ml, dependendo do laboratório. O Dr. Cícero sugere que se peça o exame feito com diluição para ter uma medida melhor. Superior a 320 ng/ml já é uma forma melhor de apresentar, pois, embora não seja exato, é mais próximo da realidade do que esses casos que citei. Você está preparando exames para retorno?

      • Oi Sueli! Obrigada pela resposta!
        Já nos comunicamos anteriormente. Tenho AR e não tive resposta ao tratamento com Vit. D mesmo depois de 2 anos…lembra? Meus exames sempre tiveram resultados precisos…o penúltimo foi 299 ng/ml no mesmo laboratório. Achei estranho essa última resposta. Bem, em maio devo ir ao Dr. Cícero….
        Obrigada mais uma vez.
        Abs,
        Fernanda

      • Oi, Fernanda, bem que o nome me soou familiar e pensei que a conhecesse do grupo do Facebook. A mim me parece, pela história toda que contou antes, que faltou ajustar a dose de modo adequado. Confie no dr. Cícero. E depois dê notícias.

  26. Sueli td bem? consegui uma consulta com a Dra haladia pro dia 20 de maio.. vc sabe quantos tempo mais ou menos tenho q ficar em sao paulo? eles pedem exames? com é a consulta em si?
    desde ja obrigada

    • Danielli. Nessa primeira consulta, em geral, e suponho que Dra. Haládia vá seguir o mesmo esquema dos outros médicos, você traz os exames recentes que tiver, incluindo ressonâncias. Não me lembro se já conversamos, estou imaginando que o seu caso seja E.M. A Dra. vai avaliar o seu quadro clínico e, com base nisso, no seu peso, agressividade da doença, vai prescrever uma dose de vitamina D e outros suportes para o tratamento. Você sairá da consulta com as receitas e os pedidos de exames. Colherá o sangue e a urina e, em seguida, poderá começar com a medicação. Pode ser que a Dra. lhe peça para enviar o resultado desses exames, a título de confirmar a dose, mas nem sempre isso é necessário. Você levará também guias para fazer novos exames depois de uns 3 meses usando a medicação. Estou supondo um retorno depois de 4 meses, mas também acontecem retornos após seis meses. No retorno você trará os primeiros exames, material colhido antes de começar a medicação, e os novos exames depois de um tempo com a medicação. Conforme a evolução, a medica vai reajustar a sua dose. Ou seja, você precisa ficar em São Paulo o tempo suficiente para a consulta. Pode fazer a encomenda da vitamina D manipulada, nas farmácias de confiança, e da medicação de suporte pela internet. Inclusive o ômega 3 deve ser adquirido nos EUA, pois é o melhor custo/benefício. Apenas não marque voo com horário muito apertado, para não acontecerem correrias, já que as consultas são longas. e podem atrasar. Tudo esclarecido? Abraços.

  27. Oi Sueli, tudo bem? Sobre a medicação, gostaria de saber se tem alguma restrição em termos de alimentação etc…
    Desde já agradeço sua atenção. Fique com Deus

  28. Boa noite!
    Escrevi hoje mais cedo tentando buscar alguma ajuda!
    É sobre a doença de minha esposa, mas parece que o post sumiu.
    Se disse algo que não podia ter dito peço desculpas mas é que só gostaria de saber se alguém pode me ajudar.
    Eu vi o video no youtube e não to conseguindo consulta com o dr Edson aqui em curitiba
    minha esposa está perdendo a visão gradativamente.
    Se alguém puder me ajudar ou tem alguma idéia do que eu possa fazer para minimizar as dores dela não sei mais o que fazer.
    Obrigado

    • Silvio, boa noite. O que ou qual o diagnóstico de sua esposa? Se for esclerose múltipla acho que vale vocês virem até são Paulo e se consultarem com dr danilo, pois o dr cicero esta com a agenda muito cheia. Mas não perca tempo ligue para o consultório e marque logo. 11-5908_5969. Qualquer coisa me passe um emil mario-carvalho@Ig.com.br

  29. Bom dia, meu nome é Cláudio e sou pai de um menino de 10 anos que desenvolveu síndrome nefrótica. Está sendo tratado com corticóide e já notamos que está menor que o irmão (gêmeo). Existe algum caso tratado com vitamina d? estamos sempre abertos a novas terapias.

    • Claudio, já peça exame 25(OH)D3 e paratormonio ao um médico. Já peça dos dois meninos. É um simples exame de sangue. Certamente a Sueli vai lhe escrever e lhe dar mais detalhes. Nosso filho (hoje com 20) teve problema de crescimento, na época não conseguimos muitos tratamentos. Hoje tem tem estatura baixa e
      doença de Chron, por fediciencia de vit. D e já faz tratamento com Dr. Cicero. Seja o que for que disser o seu médico, verifique a vit. D de seus filhos. Amigo, ver filho doente é horrível. O tratamento é simples e milagroso, é um presente de Deus, não substime.

    • Oi, Cláudio. A Vera tem razão quanto aos exames 25(OH)D3 e Paratormônio. Mas também tenha em conta que os níveis que os laboratórios apresentam como normais, hoje já são bastante questionados por vários estudos. Segundo me informei, a síndrome nefrótica é um sintoma cuja causa precisa ser investigada. Quando se diz que o edema é tratável com imunossupressor, no caso o corticoide, esbarra-se na questão da vitamina D, que é um hormônio imunorregulador. O nome vitamina é inadequado. Quero dizer que a vitamina D faz o papel de ajustar o sistema imunológico de modo mais eficiente que os imunossupressores. Na minha modesta opinião, já que não sou médica, vale a pena investigar e seguir o conselho da Vera. Mas depois é preciso tratar com doses realistas, não com as subdoses que os médicos costumam prescrever. Vocês são de onde?

      • Prezada Sueli
        Fico contente de saber que sua filha tem sucesso no tratamento dela com vit D. Quem me dera que minha filha tivesse tido a mesma sorte de encontrar uma terapia que devolvesse a saude dela, antes que sua vida fosse ceifada em 2001, em virtude de intoxicação por chumbo por causa de uma pintura em nossa casa, enquanto ela ainda estava na barriga da mãe. Tentei muitos tratamentos e todos em vão. Morei oito meses em São Paulo, entre os anos de l993 e1994 e o mais importante desta estadia na grande metropole, foi conseguir ter o diagnostico correto e poder tratar minha esposa adequadamente, pois a mesma sofria de uma profunda depressão desde a gravidez por causa do contato com as tais tintas. Na época, o tratamento de minha esposa foi com um ortomolecular famoso (Dr Efraim Olszewer). Esses médicos costumam tratar seus paciente com mega dose de vitaminas, aminoacidos, minerais e enzimas. Fiquei impressionado quando percebi que a terapia estava dando resultados logo apos quatro meses de tratamento e quando vi minha esposa boa em menos de um ano. De lá para cá, tenho sido um leitor/pesquisador leigo sobre vitaminas e tratamentos não invasivos. Ultimamente tenho lido muito sobre Vitamina D e sobre o trabalho do Dr Cicero na internet. Acho que ele e sua equipe estão cobertos de razão. Percebi que voce também está atenta, apesar de leiga, aliás, quem não faz suas pesquisas proprias quando tem um filho com doença crônica, não é? Entretanto, o objetivo deste contato é perguntar o seguinte: já que a vitamina D, pode ser absolvida por exposição ao sol (sendo que 30 minutos gera no corpo 10.000 UI), por que tomar via oral já que o absolvido pela pele não gera riscos de intoxicação e por via oral pode causar calcemias e outros efeitos ruins? Não seria melhor que todos verificassem sua dosagem no sangue e daí em diante cada fazer sua exposição ao sol durante o dia, em horários alternados, até conseguir 10.000, 20.000 ou 30.000 UI, ou seja, se expor de acordo com sua necessidade e sem correr riscos? Estou procurando fazer isso, pois minha dosagem no sangue deu baixa (20 ng) e já estava tendo muitos problemas de saude. Adotei outras medidas também e já consegui emagrecer 18K (pesava 97Kg, com 1.68m de altura). Minha glicose que já tinha atingido o patamar máximo de 157, também já baixou para 101. Minhas dores de artrose já estão 80% melhor, porém ainda não pedi uma nova dosagem de vit D. Então, na sua opiniao, continuo assim ou parto para a dosagem via oral? Tenho vontade de fazer isso, mas sinto um pouco de receio, apesar de tudo que já li. Caso voce queira responder, fique a vontade para opinar, lembrando, claro, que não somos médicos, mas apenas curiosos bem atentos ao que se passa em nosso redor. Finalizando, sou um piauiense da cidade de Parnaíba.
        SDS, Gil

      • Olá, Gil. Ainda bem que existem médicos que não se acomodam às terapias ditas convencionais, mas são grandes estudiosos, verdadeiramente dedicados à causa de cuidar da saúde dos seus pacientes, longe de serem autômatos que repetem protocolos originados por pesquisas às vezes bastante duvidosas . Quando conversamos com o Dr. Cícero, impressiona-nos o entusiasmo e a segurança que tem no que faz.
        Sobre essa questão da vitamina D: a impressão que tenho, lendo o que vai sendo publicado a respeito de vitamina D, hoje, é que parte-se do princípio que, pelo estilo de vida próprio de nossos tempos, poucos conseguem expor-se ao sol o suficiente. Você tem razão no seu questionamento e é aconselhável mesmo que crianças e jovens tomem muito sol e sem protetor. Isso de fato já previne muitos estados doentios. No entanto, a grande maioria das pessoas não consegue essa exposição pelo tempo necessário e com constância. Daí a suplementação. O Dr. Cícero é bastante categórico a esse respeito: 10.000 UI é uma dose adequada para manter os níveis de vitamina D em patamares plenamente saudáveis. Mas ele também aconselha tomar sol, porque não é só a vitamina D o que obtemos dessa exposição. Existe também o fator idade: após os 60, 65 anos, a pele já não produz a vitamina D suficiente. E existem os casos de resistência à vitamina D, quando a luz do sol é insuficiente para manter os níveis de vitamina D inativa elevados o suficiente para vencer a barreira da resistência. Quando a minha filha foi ao Dr. Cícero, o exame dela deu 21 ng/ml. O meu deu 23 e o do meu marido deu 34. Ela, portadora de E.M., começou a tomar 40.000 UI e depois de 4 meses a dose foi reajustada para 50.000 UI. Para mim o Dr. Cícero prescreveu 15.000 UI e para o meu marido, que gosta de fazer caminhadas e se expõe bastante ao sol, ele recomendou 10.000 UI. Não fizemos novamente o exame, ainda. Meu marido tem um pouco de psoríase no couro cabeludo que não desaparece com essa dose. Suponho que ele precisaria de doses mais elevadas, que exigiriam dieta, coisa que ele não está disposto a fazer. Pelo que observo, uma coisa é manter a vitamina D em níveis saudáveis, coisa que você já está fazendo, e outra é tratar uma patologia com vitamina D. Aí é preciso ser mais enérgico no uso. Normalmente eu digo para as pessoas tomarem sol, mas se elas já estão se queixando de dores de fibromialgia, de fadiga crônica e outros sintomas de fraqueza, é sinal de que, ou não conseguem tomar sol, ou, mesmo tomando, não produzem a vitamina D inativa suficiente para produzir a ativa de que necessitam. Bem, como você disse, sou apenas uma observadora, leiga, curiosa…

  30. Boa noite. Me chamo Marcelo Araujo, tenho 31 anos, sou portador de Polimiosite, estou em tratamento ha praticamente 3 anos, faço uso de predinisona, metrotexato, cálcio com vitaminaD e acido folico. Gostaria de saber se este tratamento do Dr. Cicero, com vitaminaD, também inclui essa doença autoimune e como posso saber melhores detalhes, moro no interior de MG, me trato com um reumatologista Dr. Geraldo Moll na cidade de Ipatinga. Me sinto muito mal quando faço uso do metrotexato e esse tratamento do Dr. Cicero me animou muito, minha duvida e se esse tratamento também inclui a Polimiosite. Aguardo retorno, obrigado.

    • Olá, Marcelo. Posso lhe dizer com certeza que polimiosite é tratável com vitamina D, pois tive oportunidade de perguntar ao Dr. Cícero, durante consulta da minha filha, para responder a uma senhora que nos fez essa pergunta aqui no Blog. Sugiro que venha a São Paulo, veja os contatos neste blog. Neste momento, está começando a atender em BH, um novo médico. Ainda não disponibilizamos o endereço dele aqui no Blog, mas aqui lhe passo o contato do Dr. André: o atendimento será na clinica da Criança:
      Rua: São Judas Tadeu, 50 Centro – Vespasiano/MG
      Telefone (31) 3621-3110
      As consultas já podem ser pré-agendadas, ele atenderá a principio toda Quarta e Quinta e o valor da consulta é: R$350,00. São longas consultas. Também encareço que tudo indica que o Dr. André seguirá o Protocolo, Qualquer dúvida, pode escrever no meu e-mail: scaramellu@terra.com.br

  31. Sueli,
    Bem pertinente e esclarecedora sua resposta. Na verdade, eu sou vou acreditar que estou bem de vitamina D, depois de um próximo exame de sangue. Foi muito bom que um ortomolecular de Fortaleza(Ce), tenha lembrado de medir o nível meu e de minha esposa final do ano passado. Agora ficarei sempre atento. Creio que a vitamina do sol tem me ajudado, aliás, eu sempre fugia do sol, e aqui no Nordeste ele aparece o ano inteiro. Atualmente, ando a procura dele pela manhã e a tarde. Mas, acredito que minhas melhoras se devem também a uma dieta com alimentos de baixo IG (índice glicemico, pesquise estas tabelas na internet) e alcalinizantes, ou seja, vegetais (com IG abaixo de 55), tendo o ovo de galinha caipira como a única proteina. Emagreci e me sinto bem disposto, até minha pressão regularizou, mas ainda tenho algumas pendências na saude para melhorar, como é o caso da minha tireoidite de hashimoto e da minha hérnia de hiato.Esta última melhora bastante com a dieta alcalinizante e de baixo IG. Quanto o caso da doença Autoimune (a tireoidite), penso que é por isso que meus niveis de vit. D estavam tão baixo e também por isso que cogito toma-la como suplemento. Descobri (eu mesmo, literalmente, descobri) este problema desde 1995 e de lá para cá me recuso a tomar o Puran (hormonio da tireoide) receitado pelo endocrinologista, pois penso que se ele não teve a pecepção de descobri este meu mal, tendo eu mesmo chegado a este diagnostico que ele só veio a confirmar posterior a minha desconfiança de possui-lo, então, eu sempre me senti a vontade para não aceitar a medicação dele. Além do mais, os anticorpos da doença (os tais anticorpos antimicrossomais, estes que eu mesmo pedi que ele requisitasse nos exames), aparecem e de repente desaparecem do meu sangue, sem que nem ele médico entenda o porquê que isso acontece no meu organismo. Porém, eu sinto os sintomas de quando eles estão presentes. Deve ser algo parecido com os famosos surtos de quem tem E.M, que estes vem e vão, talvez de acordo com a dieta do paciente, os banhos de sol que ele toma ou as toxinas que entram as vezes pela alimentação, medicamentos ou outras formas de contato no meio ambiente E agora sei porque me sentia tão bem depois de um dia torrando na praia fazendo minhas pescarias, sem passar protetor solar, pois nunca acreditei que estes fossem tão bons como a indústria que os fabrica alega. Era a injeção de Vitamina D, a super dosagem esporadica que eu tomava nas pescarias (o dia inteiro) aqui nas praias do delta do Piauí, bem embaixo da linha do equador. Que bom! Minha localização geográfica me ajudando. Também tinha a vitamina E e o selênio (400 UI e 50 mcg, respectivamente) da minha suplementação que me provavelmente me deixavam melhor. E eu sempre achando que era só a Vit E e o selênio… Sueli, os videos na internet do Dr. Cicero me abriram os olhos para a preciosidade que eu tenho acima dos céus da minha terra. Quando voce estiver com ele em suas consultas,diga que eu mando este agradecimento singelo pela contribuição dele em me fazer aumentar em amor, gratidão e louvor a Deus (Jeová) pela natureza que ELE colocou a minha disposição na terra em que eu resido. Estou me aposentando e espero ter a oportunidade de me consultar com o Dr. Cicero e fazer um agradecimento de forma mais pessoal. Quero fazer um acompanhamento do meu hipotireodismo e da tireoidite com ele ou com um desses médicos que voce menciona. No mais, estou aqui disseminando as informações, na medida do possível. Percebo que sua intenção é a mesma nestes comentários. Suas palavras e seus elogios revelam o seu puro agradecimento a este médico e sempre procure também lembrar que Deus é o único dador, de fato, de todo o conhecimento perfeito, mesmo dentro de nossas imperfeições, incapacidades e limitações. Que sua filha melhore dia a dia e que voce seja muito feliz com toda a sua família. Obrigado.
    SDS, Gil.

  32. Boa noite Sueli. Sou Portadora de EM e desde que descobri este tratamento, meu sonho é consultar com Dr Cicero. O que eu gostaria de saber é se vc sabe como está a agenda dele…se ainda está muito difícil conseguir uma consulta. Uma vez eu li que eles parcelam a consulta.Isso é verdade? Minhas condições financeiras estão péssimas e por isso ainda não tentei uma consulta. Moro em Minas Gerais…Mto obrigada!

    • Olá Luana, boa tarde. Ai em minas tem o Dr. Dr. André Costa Lage Especialidade: Clínico Geral e Acupunturista – Cidade: Vespasiano/MG (a 20 km de Belo Horizonte)
      Tel: (31) 3621-3110. que segue o mesmo protocolo do Dr. Cicero

    • Oi, Luana. O dr. Cícero, neste momento, não está atendendo consultas iniciais, apenas retornos, devido ao número de pacientes que já tem. Você deve consultar um dos assistentes dele. A sugestão do Mário, que aqui lhe respondeu, parece ser a melhor no momento. O Dr. André fez treinamento com o Dr. Cícero, neste início de ano e está começando a atender. Ele é muito competente e tudo leva a crer que seguirá o protocolo. A consulta dele é R$350,00 e penso que você teria menos gasto com viagem. o que acha? Se quiser me explicar melhor o seu caso, pod escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  33. Bom dia, quero aderir o tratamento com a vit D, visto os inúmeros relatos positivos que vi. Sou portador de E.M., moro no RJ e necessito me consultar com o Dr. Cicero ou com o Danilo, porem não estou tendo sucesso nos meus telefonemas para marcar uma consulta. Vejo que estes profissionais estão sendo muito requisitados. Estou tentando nos telefones Cicero – 11 50844642 e/ou Danilo 11 50821013, porem sem sucesso.
    Gostaria de saber se alguém tem alguma dica, alem daquela que de tentar ligar pela tarde.
    Peço encarecidamente que me ajudem, pois preciso aderir ao tratamento.
    Um abs e obrigado pela atenção

  34. Olá boa tarde,não há como não dar os parabéns ao Doutor cicero e toda a galera que contribui para que isso seja divulgado,pessoal tenho uma consulta com o doutor Danilo porém sou da cidade de sjc e portador de uma Doença Autoimune,gostaria de saber se já posso levar algum exame para adiantar pois moro em sjc o que dificultaria muito ter que ir novamente só para mostrar o exame???? Obrigado

  35. Mário Carvalho, fiquei preocupada com o seu prognóstico referente ao tratamento (de ter dado certo no início e agora não mais). Você já conseguiu sentir diferença utilizando a vitamina D ? Marquei consulta também.

    • Mayara, bom dia.
      Não fique preocupada, o problema é que pessoas com doenças auto imunes tem uma resistencia grande a Vitamina D3, por isso que se passa pale primeira consulta e depois volta-se a segunda consulta para ajustar a dose da vitamina. Cada caso é um caso e a vitaminha D é muito segura e eficiente no controle das auto imunes. Dr. Cicero e sua equipe são anjos de Deus enviados para aliviar nossa labita

  36. Minha grande dúvida é saber se posso fazer esse tratamento com vitamina D e como porque o último exame 25-HIDROXIVITAMINA D teve como resultado RESULTADO 42,2 nanog/mL.
    Se estou dentro da suficiência e ainda assim continuo com problema de autoimunidade sem remissão o que posso fazer?

    • Oi, Selene. Estou entendendo que você tem E.M., certo? Ou alguma outra doença autoimunitária. Embora esse nível de 42,2 ng/ml seja considerado dentro dos padrões normais (talvez você costume tomar sol sem protetor), quem tem doenças autoimunitária costuma ter resistência à vitamina e precisa de doses bem mais altas de vitamina D inativa (essa que você mediu) para produzir a vitamina D ativa. Eu mesma conheço quem estava com 47ng/ml no primeiro exame e faz o tratamento com altas doses normalmente. Até porque o médico vai elevar os seus níveis bem acima disso. A minha filha está com 301 ng/ml. Abraços.

  37. Gostaria de saber , minha mãe tem 70 anos e hoje foi diagnosticada com artrose, sente dores..pois bem, será que teria uma dose permitida que a ajudaria nesse caso

    • Olá, Mariah. Toda pessoa depois dos 65 anos já não produz na pele a vitamina D que o organismo precisa. A suplementação é uma exigência. O protocolo da vitamina D não se aplica diretamente para a artrose, mas pode ser que parte das dores que a sua mãe tem seja por falta de vitamina D mesmo. Conheço muita gente que teve melhoras significativas suplementando vitamina D, com 10.000 UI por dia. Para tomar essa dose com Depura (vendida nas farmácias comuns) é preciso tomar 50 gotas. Isso encarece o tratamento que, na realidade, é barato, mas sem receita para mandar manipular você fica dependendo da Depura. Também é possível comprar esta: http://www.iherb.com/Healthy-Origins-Vitamin-D3-10-000-IU-360-Softgels/21298 Compre apenas um frasco por vez e aguarde. Pode demorar cerca de um mês. Para a artrose, o Dr. Cícero recomenda Glutamina em pó. A prescrição é 40 gramas por dia, sendo 4 doses de 10 gramas, diluídos em água ou suco. Em um mês as melhoras já podem ser significativas. Você encontra Glutamina em pó em lojas de suprimentos para atletas. Se quiser mais informações, escreva no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  38. Cara anfitriã, caros leitores, creio que existem ainda algumas informações relevantes sobre a vitamina D que devem ser vistas por todos. A maioria já podemos encontrar aqui, porém existem algumas que na minha opinião são importantes. O que pode agregar também é a centralização das informações e organização que entendo como permitir ao interessado tomar uma atitude efetiva e consciente no fazer uso de complementação, seja para se curar, seja para se prevenir, por ter praticamente todas as informações relevantes sobre o tema num único artigo.

    O texto que vocês podem acessar clicando acima, no meu nome, apesar de ser bem extenso traz todas as informações necessárias para os que estão acompanhando este tema sobre a vitamina D possam tomar uma decisão de complementação sozinhos, incluindo condições de elaborarem plano de prevenção contra câncer, doenças auto-imunes e outras, ao se certificarem que não há perigo mesmo em ingerir complementação de vitamina D em doses mais elevadas quando se toma os devidos cuidados com complementação de outros minerais. O cuidado com magnésio, com cálcio, com boro, com vitamina K e outros minerais, deve ser visto com atenção para os que optarem por uso de protocolos de cura pela terapia em alta dosagem.

    De qualquer forma, deixo meus cumprimentos à dona do blog por sua iniciativa e zelo demonstrado nos artigos, convidando-a a visitar o texto também, e tecer, se desejar, comentário. Receba do Criador recompensas pelo seu esforço.
    Fraternalmente, Daniel

    • Olá, Daniel. Primeiro quero esclarecer que apenas colaboro com o Daniel Cunha que é o admimnistrador deste Blog.
      Li o seu texto e e devo admitir que você reuniu ali um grande número de informações extremamente relevantes sobre a vitamina D e outros minerais, como o magnésio. Tem especial importância o fato de remeterem aos estudos mencionados, uma vez que a argumentação dos que rejeitam a terapia com Vitamina D é justamente que “não há estudos que comprovem”, o que fica no seu texto plenamente documentado. Aqui mesmo no Blog é possível encontrar boa parte dessas informações, mas repito, não tiro o valor da grande concentração de informações e links que você reuniu.
      Os pacientes do Dr. Cícero e de seus assistentes, de modo geral, conhecem esses fatos, inclusive o que diz respeito ao tratamento de cânceres, pois boa parte das consultas de cerca de 3 horas é usada com a finalidade de dar ao paciente essas informações, já que, saindo do consultório, não lhe faltará quem tente dissuadi-lo de seguir a terapia. Os pacientes ouvem uma aula sobre vitamina D.
      Diga-se de passagem, o Protocolo inclui outros minerais, entre eles o Magnésio.
      Com todo respeito pelo seu estudo, quero, no entanto lembrá-lo de que Dr. Cícero trabalha também com dados colhidos em 10 longos anos de trabalho de consultório associados a pesquisas na UNIFESP. Essa questão da segurança da vitamina D em níveis superiores a 10.000 UI por dia esbarra em outras análises que ele leva em consideração. Cito por exemplo que a minha filha, tomando 50.000 UI por dia, não foi liberada para consumir leite ou laticínios, pois o cálcio no sangue está nos limites superiores. Certamente isso tem um significado. Dr. Cícero jamais blefa ou dissimula o que sabe. E nem expõe os seus pacientes a temeridades. Não insinue isso porque é injusto. Também esclareço que ele é Professsor Livre-Docente associado da UNIFESP e não da USP.
      No entanto, feitas essas observações, encareço que:
      -10.000 UI por dia são seguras (alterações nesse caso dependem de peso do paciente);
      – acima de 10.000 UI é necessário administrar uma dieta, para alguns mais exigente e para outros menos, de restrição de cálcio;
      – também é necessária hidratação de 2,5 litros de líquidos e controle periódico com exames até se estabelecer a resposta clínica,
      Recomendo o seu trabalho, como forte estimulante para a nossa luta.

      • Oi Sueli, tudo bem?
        Obrigado pelas suas gentis palavras, e tenho de lhe pedir perdão por ter levado-a a concluir que possa ter questionado a seriedade ou algo sobre o Dr. Cícero, que acabou por desagradar-lhe. Não foi esse o meu objetivo pelo que desejei dizer no texto, saiba.
        Acredito que pelo que tenho estudado, a vitamina D é tão importante para a saúde sua e de sua filha (como para a minha e de minha filha) quanto o magnésio o é. Não falar de um fica faltando algo, pois caminham juntos.
        E ainda dentro dessa “cadeia” de metabolizações de nutrientes, outros minerais e vitaminas funcionam sinergicamente e devem também receber os “holofotes” para o que implica necessidades veementes e complementações.
        Colocar holofote apenas sobre a vitamina D vejo como um erro, visto que é sabido no meio médico pesquisador que magnésio, enxofre, boro, selênio e outros minerais estão menos disponíveis pelo desgaste dos solos de plantio, o que resulta em deficiência destes minerais em nossos corpos que por sua vez contribuem junto com a falta de vitamina D para as graves doenças que nos aflige.
        Também devemos considerar que os valores de RDA para os minerais estão em sua maioria fixados abaixo dos reais valores que hoje se sabe ser os verdadeiramente necessários para a manutenção dos nossos sistemas funcionando nesse mundo mais adverso para o nosso funcionamento (poluição, pesticidas, metais pesados, etc).
        Assim, questiono sim o Dr. Cícero mencionar em televisão apenas o problema da vitamina D, deixando o que tenho certeza que ele sabe sobre essas outras deficiências por serem descobertas ou “trabalhadas” apenas em consultório.
        Você poderá constatar nos textos que se Deus permitir escreverei, sobre coisas fantásticas que doses maiores desses minerais, bem acima dos RDAs de cada um podem resultar em benefícios para o nosso corpo, mesmo que estando cada um separado dentro dos seus “protocolos” de utilização/complementação.
        O que no texto fiz, e faço também aqui, é uma crítica ao meio médico em geral em não haver esforços em juntar-se todos esses protocolos numa pesquisa geral e extrair-se o que tenho até como óbvio ao analisar separadamente cada um deles.
        O protocolo do Dr. Cícero é mais um protocolo que trata doenças auto-imunes e câncer. Em sites americanos vemos outros médicos da mesma forma em seus consultórios curando pessoas com câncer e doeçnas auto-imunes com protocolos de enxofre orgânico (MSM), protocolos de bicarbonato de sódio, com protocolos de magnésio, com protocolos de vitamina C, e outros. Todos tem seus consultórios cheios e estão cheios de resultados positivos com suas terapias.
        Oras, que coisa esquisita isso, para mim que olho de fora e sem problemas sérios, o que me leva a fazer a seguinte pergunta… Será que não tem nenhum grupo de pesquisa juntando todas essas informações e estudando suas inter-relações para se determinar um único protocolo que dê fim a todo tipo de doença?
        Sinceramente vejo isso como algo possível para quem está à frente de grupos de pesquisa e laboratório de investigação (consultório). E por isso questiono o Dr. Cícero… Por quê o Dr. não falou sobre o magnésio ou outro mineral, quando sai à defender ferozmente a necessidade de vitamina D?
        Veja, não que eu esteja reclamando com ele, mas estou questionando mesmo, afim de uma resposta que entendo ele ter. Veja você aqui no blog… as pessoas tem dificuldade em se consultarem com um dos médicos que podem melhor lidar com altas dosagem de vitamina D… como elas vão fazer? Alguém tem de ajudar…. certo?
        Vejo seu esforço aqui, mas tímido no sentido de oferecer algo que seja mais contundente, como o que lá no Saúde&Sabedoria pretendo apresentar dizendo… “Olha querido ou querida leitora, eu faço assim e assado e se estivesse na condição tal faria isso e aquilo”…. as pessoas precisam disso hoje em dia… de um rumo e de um empurrão…. só apontar para o lugar não tem a mesma eficiência do que apontar e dar um empurrão.
        Assim, não me queira mal por ter ousado fazer um questionamento ao Dr. Cícero, pois não quis ser desrespeitoso, mas sim ser questionador. Tendo ele o poder e o crédito, além da oportunidade, por quê não entrou onde sei que dói mesmo que é em cima do magnésio, do enxofre, do bicarbonato de sódio e da vitamina C? Todos eles funcionando juntos com critério (“protocolo”) e o fim de câncer e doenças auto-imunes seria uma questão de alguns anos apenas.
        Soma-se a esse arsenal contra os micróbios, fungos, bactérias e vírus que nos assolam que podem ser derrotados por terapias se utilizando destes pilares listados acima, a auto-hemoterapia e então chegaremos mesmo aos 100 anos. Podendo sempre que necessário, ou por prevenção algumas aplicações anuais para uma “limpeza” forçada, digo que ficaria difícil algum organismo invasor predominar sobre o nosso sistema de defesa. Você conhece auto-hemoterapia Sueli? Eu conheço e funciona mesmo, pode acreditar, mesmo que dentro de certos cuidados.
        Então,por estas coisas que abro um diálogo com o Dr. Cícero… por quê ele não mencionou outros importante e determinantes minerais se eles são do seu conhecimento, ficando apenas a vitamina D em evidência. Outra pergunta… não existe uma maneira dele apresentar um protocolo simples e geral para ser divulgado, ajudando as pessoas a se prevenirem com tanto de vitamina D, tanto de magnésio, tanto de enxofre, tanto disso e daquilo de tal forma afastar a escassez que existe na maioria das pessoas? Você viu o vídeo do Dr. Luiz Moura lá no meu texto?
        Olha que situação… olho para um lado e vejo o Dr. Luiz Moura falando sobre o que fala sobre o magnésio… olho para o outro e vejo o Dr. Cícero falando o que fala sobre a vitamina D…. e aí? O certo não seria ver os dois falarem sobre a vitamina D e o magnésio?
        Compreendeu?
        Fraterno abraço Sueli, e saiba que compreendo seu carinho e respeito ao Dr. Cícero. Vi que ele ajudou e ajuda sua filhinha e isso cria um laço sentimental muito forte, que deve ser respeitado. Mas que eu gostaria de uma resposta dele para esses meus questionamentos, pode ter certeza que gostaria.

    • Oi, Mariah. Já cheguei a recomendar por e-mail. É boa, sim. Parece que ainda sai mais cara do que no Iherb, não é? O bom é encontrar em sites nacionais, para não haver demora na entrega. Obrigada por colaborar publicando aqui.

  39. Penso que o uso da vitamina D3 em altas doses, com restrição de cálcio pode desencadear um problema futuro [ou em longo prazo] de osteopenia e osteoporose. O cálcio é mineral essencial no corpo, a sua ausência ou deficiência também gera doenças. É preciso ter as doses de cálcio e aliar ao tratamento o magnésio e vitamina K2 – MK7. Para entender melhor, leiam essa matéria do Dr. Júlio Caleiro, na página : http://nutricaobrasil.wordpress.com/2013/04/25/altas-doses-de-vitamina-d3-sem-conjugar-com-vitamina-k2-mk-7-podem-trazer-danos-serios-a-saude/

    • Luciano Caleiro, o Júlio Caleiro não está mais informado do que o Dr. Cícero. O magnésio sempre foi regularmente adotado no tratamento e a vitamina MK7 é prescrita sempre que é necessário. Dr. Cícero, com seus parceiros americanos, está desenvolvendo um profundo estudo de metabolismo ósseo. Por que o senhor supõe que os pacientes do Dr. Cícero terão falta de cálcio? Supõe que ele está chutando uma dieta? Que não acompanha cada caso com os exames adequados? Não venha aqui questionar o trabalho de um estudioso que não se limita a ler os estudos dos outros ou traduzi-los e publicar a tradução. A coleta de dados no consultório é constante e a análise também. O magnésio e a vitamina MK7 são aliados, mas o seu uso em hipótese alguma elimina a necessidade de dieta de restrição. Só acompanhamento da resposta clínica de cada um estabelece os limites da dieta. A questão é muito mais complexa e o Dr. Cícero e equipe estão atentos e trabalhando nisso.

      • Sueli, não disse que o Dr. Cícero faz isso, e nem a matéria sugere isso. Estranha essa sua conclusão e interpretação pessoal da matéria, com uma dose de difamação do trabalho realizado pelo Dr. Júlio, que beneficia muitos no tratamento de doenças autoimunes, seja tratando, seja com as matérias ‘traduzidas’ (informando), que servem de material de apoio alguns de seus estudos pessoais.

        No mais, boa sorte em sua jornada de vida!

      • Senhores, boa tarde.
        Quero sugerir que tenham cuidado com o que estamos postamos aqui…, lembre-se de que somos pacientes e não médicos…e o que postamos aqui pode “assustar” quem está em tratamento e quem desejar buscar informações. Sugiro também que se tiver algo que deva ser colocado aqui que sejam os próprios médicos a postarem, assim dando segurança e informação aquem necessitar.
        Reitero que o que escrevo aqui é sugestão, preservando os pacientes.
        Abraços

  40. Para atender o pedido do participante Mário Carvalho, sugiro então que o moderador deste site delete a minha publicação acima, sobre o uso da vitamina K2 e Magnésio.

    • Luciano, boa tarde.
      Não é necessário retirar, pois eu mesmo li o artigo e gostei da informação…. reitero..não retire. O que eu peço é que quando houver uma contribuição como a sua, que foi pertinente, pois eu mesmo já havia me questionado. Para nas próximas peçamos a algum médico da equipe do Dr Cicero ou do Dr Danilo para que ponha e que tomemos cuidado com os comentários, pois o que comentarmos aqui pode influenciar positiva ou negativamente.

      Mas te agradeço por compreender

  41. Tenho por importante o que vou relatar aqui quanto à vitamina K2: Sou irmã de portadora de esclerose múltipla que se trata com altas doses de Vitamina D (colecalciferol) e acompanho muito de perto e muito atentamente todo o tratamento, tendo participado de duas consultas. Uma das consultas ocorreu no dia 3 de julho corrente, consulta de um ano de tratamento.
    Perguntamos para o Dr. Cícero sobre a necessidade da administração da K2.
    Ele foi muito claro. Disse que ainda não há nada de concreto em relação a inserção dela no tratamento. A certeza é que a K2 com doses não tão altas de D é recomendada sim, porém no caso de doses bem elevadas (que é a situação da minha irmã que toma 150000UI por dia) ainda não há estudo conclusivo.
    Ela fará exames do metabolismo ósseo para avaliação e acompanhamento, além da densitometria óssea. Resumindo: cada caso é um caso e as particularidades do paciente regem a conduta médica.
    E minha conclusão em relação ao conhecimento médico do Dr. Cícero é que ele sabe o que faz, é seguro. Temos prova disso pela evolução clínica dela e pela comprovação dos exames de imagens que apontam a inatividade da doença e grande redução do tamanho das lesões.

  42. ola dr cicero boa noite gostaria de saber se em Marilia ja tem a vitaminaD para portadores de esclerose multipla pq meu sobrinho é portador e faz tratamento la em marilia pois somos daqui do interior e fica dificil nos deslocarmos pra capital me responda por favor e muito obrigada..

  43. Sueli. Comprei uma vitamina D da Soulgar, mas era em capsulas com um pozinho dentro. Não coloquei muita fé. Agora comprei da Now Foods em softgels. Acho legal deixar esta informação bem clara para as pessoas.

  44. Boa Tarde, eu sou portadora de Ataxia de Friedreich, e gostaria de saber se este tratamento com base na vitamina D, tem alguns efeitos neste tipo de doença, se pode haver alguma melhoria associada à falta de equilibrio (um dos sintomas mais agravados neste momento).
    Obrigado

    • Olá, Teresa. Conheço um caso de ataxia cerebelar que respondeu muito bem com altas doses de vitamina D. É diferente, eu sei, mas, quando a doença não é autoimunitária, a oreintação é fazer o exame 25(OH)D3 e depois manter os níveis elevados, em torno de 70 ng/ml e observar a reação. Havendo uma reação positiva, pode-se trabalhar com doses maiores, com acompanhamento de médicos que conhecem o protocolo. Se quiser, eu a ponho em contato com a paciente portadora de ataxia cerebelar. Escreva no meu e-mail: scaramellu@terra.com.br

  45. Posso tirar uma duvida , ainda não tenho diagnostico fechado ,mas saiu em meus exames de ressonância uncoartrose bilateral no pescoço,algumas herniaçoes na lombar e tenho muitas dores e estalos no pescoço e de uns meses pra começaram os estalos no corpo todo, punhos, cotovelos, joelho e os estalos somente pioram,e estão acompanhados de dor ja falaram em artrose, fibromialgia etc.E sempre me falam é normal ter dor e estalos. Posso ter beneficio tratando pelo protocolo?Obs: tenho um cisto no rim esquerdo e 40 anos de idade….Sedentário por causa das dores..Ja me orientaram procurar neurologista ,pois so fui em reumatologistas..

  46. Olá, Meu nome é Sueldes Ferreira, tenho 23 anos e sou portador de ataxia cerebelar e gostaria de saber se há algum caso com o tratamento da vitamina D, e se alguem já obteve resultados. Fico no aguardo

  47. Olá, meu nome é Candice, e gostaria de saber porque não recomendam o Dr. Edson Tanhoffer de Curitiba, ele não faz mais parte da equipe do Dr. Cícero? É que moramos em Porto Velho-Rondônia mas temos parentes em Curitiba, entâo seria mais viável para nós, minha mãe tem EM e teve neurite óptica há 1 ano e 10 meses, desde então não enxerga mais nada! Tenho esperança que o tratamento com vit D nos dê algum resultado. Desde já eu agradeço!

    • Candice, Dr. Edson não atende mais. E ele nunca fez parte da equipe… havia passado em treinamento,
      Há uma médica em Curitiba que participou do Simpósio aqui em São Paulo.

      Dra. Claudia de Oliveira Kloster
      Especialidade: Nutrologia
      Curitiba – PR
      Fone: (41) 3039-4120

      “De acordo com o Dr. Cícero Galli Coimbra, mesmo entre os médicos que foram expostos ao seu protocolo existem diferenças de abordagem e particularidades. É responsabilidade exclusiva do paciente se informar sobre o tratamento e questionar seu médico quando em dúvida.”

      • Obrigada pela resposta Sueli! mas vc conhece alguem que se trata com a Dr. Claudia? ela trata doentes com EM?

      • Oi, Candice. Quem lhe respondeu foi a Ana Emília, que está plenamente informada também. Sim, a Dra. Cláudia tem pacientes com E.M. Beijos.

  48. Boa noite Sueli , enviei um email para você pois gostaria de conversar a respeito da doença do meu cunhado, assisti ao globo reporter e foi assim que fiquei sabendo do Dr. Cícero . Por favor se puder me responda . Obrigada, Andréa

  49. bom dia !!!
    Meu marido teve uma encefalopatia já faz um ano….hoje ele está recuperando a fala devagar, não anda, perdeu os movimentos dos braços (está recuperando aos poucos), recuperou um pouco a consciência. Até hoje não temos diagnóstico. Foram realizados várias ressonâncias, pesquisas de doenças autoimunies, está sendo pesquisado pelo hospital SArah, hepatologistas, gastros, neurologistas. Mas ninguem consegue chegar a algum diagnóstico. Suspeita-se de encefalopatia hepática…..mas os exames não concluem nada. Seria viável, nesse caso, ele fazer um tratamento a base de vitamina D? Ja que o quadro dele sugere doença autoimune? MOro em brasilia.

    • Oi, Solange. Se o quadro sugere doença autoimune é sim possível tratar com altas doses de vitamina D, com os cuidados próprios do tratamento. Escreva no meu e-mail para vermos qual a melhor opção de médico para ele.

      • Olá, Solange. Em Goiás, procure:
        Dra. Jacqueline Tosta Rezende
        Especialidade: Oftalmologia – CRM-GO 6.040
        Cidade: Goiânia (GO)
        Centro de Diagnóstico Clínico – Avenida D, n.º 840, salas 403 / 404 St. Oeste (próximo ao Extra) CEP: 74.140-160
        Tel: (62) 3565- 1345
        Lembre-se de que oftalmologistas têm grande experiência com neurite ótica, que pode ser um dos sintomas de esclerose múltipla. Ela está preparada para atender adequadamente. Dr. Edson não está mais na lista do mésdicos do protocolo.

    • Oi, Solange. Já vi depoimentos de pacientes que recomendam a vitamina D no caso de doença celíaca, mas afirmam que a dieta com restrição de glúten é fundamental também.

  50. oi sueli,não tenho diagnostico fechado mas os médicos das clinica falam em miopatia miofibrilar sera que a vitamina d seria recomendada para tratamento,

    • Oi, Roberto. É difícil prever os resultados, dada a complexidades dessas patologias. A vitamina D interfere bastante na massa muscular, além de seu efeito imunorregulador. Nada impede que você faça o exame 25(OH)D3 e procure elevar os níveis até 70 ng/ml, com doses de 10.000 UI por dia. Se quiser trocar ideias, escreva no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  51. Faço o tratamento com vitamina D há dois anos, desde que descobri que tinha esclerose múltipla (quando tinha 30 anos). Não tive nenhuma outra crise desde então, mas, infelizmente, fui diagnosticada com câncer de mama. Minha sorte é que descobri bem no início.
    Pra EM a vitamina D tem feito um milagre pra mim, mas já li que ela também previne o câncer de mama… Tomara que ajude para que ele não volte após o tratamento.
    PS. Câncer de mama é terrível, mas, pra quem já enfrentou a descoberta da EM, ele passa a ser somente uma doença com grande chances de cura. A batalha vai ser árdua, mas esta eu tenho chance de vencer!

    • Pi, a vitamina D, além de prevenir o câncer de mama, é uma grande aliada nos tratamentos oncológicos. Não sei quem é o seu médico do protocolo, talvez seja o dr. Cícero, pelo tempo que tem o seu tratamento. o Dr. Cícero conhece muito bem o uso de vitamina D nos tratamentos oncológicos. Procure ajuda, pois é plenamente justificável. E obrigada por manifestar-se, compartilhando as suas melhoras na E.M. Com certeza virá aqui compartilhar também a sua vitória sobre esse câncer. Se precisar, pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

    • Sim, Diney, é indicado e há muitos pacientes com ótimos resultados. Você pode encontrá-los no Facebook, nos grupos mantidos pelos pacientes do dr. Cícero. Um deles é o Esclerose Múltipla – O Tratamento
      O outro é: Esclerose Múltipla e outras doenças autoimunes – Tratamento com vitamina D. E também pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

    • Oi, Diney. 600 mg de cálcio correspondem a pouco mais de dois copos de leite, já que cada copo contém 240 mg. Não é portanto uma quantidade significativa. Além disso, 10.000 UI não exigem dieta de restrição de cálcio. Acredito que tomando 10.000 UI de vitamina D haverá um ótimo aproveitamento de todo o cálcio que essa pessoa ingere e o quadro de osteoporose pode melhorar, já que a causa da osteoporose, com frequência, não é provocada por falta de cálcio, mas por falta de vitamina D para metabolizá-lo.

  52. Boa noite alguem ode me informar se a vitamina D pode ser administrada por paciente com o diagnostico de( ATROFIA DE MULTIPLOS SISTEMA ) estamos aflitos com esse diagnostico da doença se alguem puder me ajudar vou ficar agradecida.

    • Oi, Patrícia. Esse paciente pode tomar 10.000 UI por dia. São 50 gotas de Depura. Essa dose não requer dieta, mas hidratar-se bem é bom para todo mundo.Caso haja melhoras, vale a pena procurar um médico do Protocolo (veja acima no Contato dos Médicos) para aumentar a dose. A vitamina D tem sido uma excelente auxiliar inclusive no Alzheimer, Parkinson, e outras doenças que não são autoimunitárias. O tratamento que divulgamos neste Blog é para doenças autoimunitárias em geral.

  53. Boa tarde!

    Minha médica solicitou o exame para medir o nível de Vitamina D, e o resultado foi 6ng/ml. Ela me receitou 10 gotas/dia de vitamina 200 Ul. Estou tomando a quase 4 meses e hoje fiz novamente o exame de Vitamina D e aguardo o resultado. Mas como li nos comentários acima, essa dose seria insuficiente para regularizar para o nível ideal.
    Minha dúvida, penso em comprar uma vitamina com a dosagem maior (10.000 Ul), mas por quanto tempo devo tomar? Depois que o nível chegar ao nível ideal, ele se mantém ou devo continuar tomando? E por último, qual seria o nível ideal?
    Agradeço se puderem me ajudar.

    • Oi, Karina. Muito baixo o seu nível de vitamina D. Tomando 10 gotas de 200 UI, 2.000 UI, portanto, deve ter subido para uns 20 ng/ml., que ainda é pouco. Você pode tomar 50 gotas de 200 UI, ou seja 10.000 UI sempre. Compre em softgels, ok? Tome sempre, pois depois de 2 meses estabiliza. É bom que fique em torno de 60 ng/ml.

      • Oi Sueli. O resultado do meu exame saiu, e como vc disse, ficou mesmo na casa dos 20, exatamente, 24ng/ml. Fiz a compra de cápsulas de 10.000 Ul pela internet, no site recomendado acima. Mas deve demorar um pouco para chegar, então acho que aumentar a dose de gotas do que eu tomo, para chegar a dose 10.000 Ul/dia. E vou acompanhando por exames até chegar na medida ideal. Obrigada!

      • Oi, Karina. Se você toma algumas vitamina D que tem 200 UI por gota (Depura, por exemplo), pode tomar 50 gotas. Mas de modo nenhum tome muitas gotas de alguma vitamina D associada a vitamina A (como ADTIL, por exemplo), pois você se intoxicaria com a vitamina A. Abraços.

      • Oi Sueli. Chegaram minhas cápsulas há alguns dias. Comecei a tomar a dosagem de 10.000 UI. Tenho sentido enjôos, isso pode ser um sintoma da vitamina D?

      • Karina. Quem toma muitas cápsulas às vezes sente alguma indisposição estomacal. Tomando apenas uma acho muito difícil. Para prevenir, tome durante o almoço. Se persistir, seria bom procurar um médico do protocolo e mandar manipular em óleo de girassol em uma das farmácias de confiança. Dê notícias.

      • Sueli,
        Pelo que li na embalagem, a base é óleo de cártamo, gelatina vegetal e óleo de girassol. Vou seguir a orientação e tomar junto ao almoço e não após como tenho tomado e ver se ameniza. Obrigada.

      • Oi, Karina. A marca é boa… Resta saber se você tem alguma alergia aos componentes.

      • Oi Sueli!

        Passei para dar um retorno. O enjôo passou. Não posso afirmar que ele tenha iniciado por causa da vitamina D, mas tenho tomado junto às refeições e não tenho mais sentido. Agradeço mais uma vez a atenção.

  54. Foi-me diagnosticada Sindrome se Sjögren em Junho do ano passado. Já me informaram que fazer Vit D ajudava. Gostaria de mais alguns esclarecimentos, se possível. Obrigada

    • Olá, Luísa. A vitamina D em altas doses vai combater os anticorpos que estão fazendo alguns estragos em algumas glândulas. E, na sequência, essas glândulas podem voltar a funcionar total ou parcialmente. Procure aqui no Blog, no Contato dos Médicos, qual o médico mais próximo para você e marque uma consulta, pois o tratamento precisa de acompanhamento médico, ok? Se quiser, pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  55. olá, tenho hipertiroidismo desde 2009, que é uma doença auto imune, fiz um tempo atrás de rotina um exame vitamina D que constatou insuficiência (16) , receitado por meu endocrinologista passei a tomar 4000ui por dia . Já no primeiro mês minhas taxas de t4 normalizaram, meu coração normalizou, o inchaço no pescoço diminuiu, os tremores pararam e diminui a dose do medicamento tapazol pela metade!!!Fico na dúvida, lendo tudo isso a respeito, será que é a vitamina d que está normalizando a minha tireóide? Ainda tomou 5 gramas de tapazol de manutenção .ontem repeti exame de vitamina d, após 2 meses de uso, meu médico mandou parar de tomar, pois disse que já não preciso repor, ele não acredita que a vitam.D tenha sido a responsável pela minha melhora, mas eu acredito que sim.

    • Olá, Arcadia7, Tudo indica que as suas melhoras estão associadas à normalização dos níveis de vitamina D. Depois de dois meses o nível está no máximo com essa dose e já não vai continuar subindo, mas se você parar, começa a cair e já já estará insuficiente de novo. 4.000 UI por dia é uma dose boa, mas você pode tomar até 10.000 UI por dia sem se preocupar com toxicidade. Apenas tenha o cuidado de hidratar-se bem. Que vitamina D você tomou? Manipulada? Para atingir 4.000 UI você pode tomar 20 gotas de Depura (que tem 200 UI por gota) e para atingir 10.000 UI são necessárias 50 gotas de Depura. Isso encarece o tratamento. Se quiser trocar ideias sobre isso, escreva no meu e-mail: scaramellu@terra.com.br

  56. Sueli, voce saberia me dizer se o marcador “1,25-DIHIDROXI” serve para dosar a vit. D ou existe algum exame específico para verificar a dosagem da Vit. D3. Se existe qual seria ?

  57. Sou portadora de escleros múltipla e apesar dos médicos convencionais criticarem,depois que pedi um esclarecimento a vocês,consegui marcar minha consulta com Dr. Ricardo Toledo,aqui em Balneário Camboriú SC,estou confiante e espero melhorar meus movimentos ,depressão e dores,darei notícias,,,meus níveis de vit de de 25,é baixo ,não é?

    • Oi, Rosa. Confie no Dr. Ricardo. Ele acabou de fazer estágio com Dr; Cícero em São Paulo. Esse nível de vitamina D é baixo, sim. Isso a deixa mais exposta a piorar. De qualquer forma, com o tratamento, os níveis ficarão muito elevados, por isso você vai fazer a dieta que o médico vai lhe prescrever para não ter problemas com excesso de cálcio. Vai melhorar dos movimentos, da depressão e das dores. É preciso ter um pouco de paciência, às vezes, mas, com os ajustes da dose, tudo dará certo. E dê notícias, sim.

  58. Cara Sueli,
    Você começou o blog dando orientações, conselhos e indicações, alertando sempre que não é medica e evitando dar “consultas”
    Nos ultimos posts anda prescrevendo alterações de doses e orientando posologias e niveis terapêuticos.
    Seria hora de refletir?
    Abraço
    Alexandre

  59. Israel Castro.sã o paulo,sp

    Ola Sueli, Bom dia,tenho Esclerose Multipla há dois anos,e foi a pouco que fiquei sabendo da vit d,e pergunto eu.em quanto tempo sentirei os efeitos benéficos dessa vitamina,demora muito comprometidos?Poderei voltar logo a andar?pois meus movimentos estao muito comprometidos

    Agradeço por tirar essa duvida da minha cabeça,aguardando uma luz.

    • Oi, Israel. Em geral o tratamento com altas doses de vitamina D reverte as sequelas do último ano. E até um pouco mais que isso. Depende de cada organismo o tempo para ver resultados, pois alguns pacientes precisarão reajustar as doses. No entanto, o mais comum é que com 2 meses já se vejam bons resultados. Aconselho a fazer o tratamento controlando a ansiedade. E não perca tempo. De onde você é? Se quiser, pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  60. Olá Sueli,desculpe não responder antes,então,sou de sao paulo,sp.
    Que bom saber que terei o quanto antes resposta positivas,o único porém foi que, quando fui ligar para o dr Ciro,fiquei assustado,a consulta está R$ 1.000,00. Sem querer abusar, existe um outro neuro que trabalhe com vit D mais em conta ou popular em SP?Agradeço mais uma vez a atenção.

    • Oi, Israel. Na lista dos médicos, você encontra o
      Dr. Israel Cirlinas
      Especialidade: Neurologista
      Cidade: Mauá (SP)
      Endereço: Rua Princesa Isabel, 152
      Telefone: 11 4541-4275
      Ligue para saber o preço. Mauá é bem pertinho de Santo André.
      Na verdade, não precisa ser neurologista, pois o tratamento é para doenças autoimunitárias. Qualquer dúvioda, escreva no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  61. OLÁ MINHA FILHA TEM LUPUS ERIMATOSO SISTEMICO GOSTARIA DE SABER SE ALGUM TRATAMENTO EFICAZ SEM USO DE DROGAS PARA ELA PODER MELHORAR ,POIS JA RELATOS QUE COM UMA DIETA BALANCEADA PODE ATÉ SE CURAR OBRIGADO DEIVI.

  62. Olá! moro em Belém do Pará e me chamo Eduardo. Tenho problema de psoríase e me trato com etarnecepte 50mg e não vejo resultados satisfatórios para a doença. Gostaria de saber qual o nome da pomada à base de vitamina D que pudesse ser utilizada no local e se existe vitamina D vendida nas farmácias e qual a dosagem razoável. Ah! não pego sol de forma alguma; não que seja proibido pra mim, mas porque meu trabalho não permite. Abraços..

    • Oi, Eduardo. Sem acompanhamento médico você pode tomar 10.000 UI de vitamina D por dia. Dependendo da agressividade da psoríase pode já ser uma boa ajuda. Você consegue essa dose tomando 50 gotas de Depura ou similar (com 200 UI por gota). Com receita, mande manipular Colecalciferol em óleo de girassol, 1.000 UI por gota, em farmácia conceituada e tome 10 gotas por dia. Hidrate-se bem. Se quiser, pode escrever no meu e-mail scaramellu@terra.com.br

  63. Meu pai foi diagnosticado com Encefalite de Hashimoto, gostaria de saber se aqui em São Luis – MA ou estados vizinhos há algum medico que siga este tratamento?

    • Lidiane, não será tiroidite de Hashimoto? Em São Luiz não há nenhum médico atendendo pelo protocolo. Há um médico em Recife, outro em Teresina e recentemente começou um em Natal. Algum desses interessaria a você?

  64. Olá ! Vou fazer o exame de dosagem de vitamina D, por minha conta mesmo, só que estou tomando buscofen para cólica menstrual (ibuprofeno), será que altera o resultado do exame?

  65. Olá,
    Sou portadora de Miastenia Gravis há 13 anos e gostaria de saber sobre algum neuro que trabalhe com a vit D no Rio de Janeiro.

    • Olá, Ailin. No Rio de Janeiro, temos uma médica clínica geral que conhece muito bem o protocolo. Ela atende a patologias de várias especialidades, pois o protocolo é o mesmo.
      Dra. Monica B. L. Barros
      Cidade: Rio de Janeiro
      Endereço: Av. das Américas, 500 – Bloco 21/sala 257 portaria B
      Shopping Downtown – Barra da Tijuca
      Telefone: (021) 98719-8194

      Pacientes com Miastenia Gravis costumam responder muito bem ao tratamento.

  66. Boa Noite. Estou fazendo exames neurológicos de modo a que cheguemos a um diagnóstico definitivo dos sintomas que apresento, mas creio que será a Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). Estou adiantando investigações, e pergunto que benefícios a terapia com a vitamina D pode apresentar neste diagnóstico. Não tenho encontrado muito material na internet sobre esta aplicação da vitamina D.

  67. Pingback: Dieta Alimentar Para Emagrecimento - Como Emagrecer Rápido

  68. Pingback: Comer Para Emagrecer Livro Download | Emagrecer de Vez

  69. Olá Sueli, já estou tomando a vitamina D há 01 semana na dosagem de 10000UI…só q surgiu uma dúvida: Tem que tomar em jejum ? Eu tomo o café da manhã e depois tomo a Vitamina D. Tem que esperar quanto tempo para consumir outros alimentos? Muito obrigada !!! :) Karina – S.J.R. Preto / SP.

  70. Pingback: Salada Ideal Para Emagrecer - Como Emagrecer Rápido

  71. Pingback: Quero Comprar Remedios Para Emagrecer Rapido - Como Emagrecer Rápido

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s